option

D7

COMMENTS STADISTICS RECORDS
TAKE THE TEST
Title of test:
D7

Description:
Is a test

Author:
John Doe
(Other tests from this author)

Creation Date:
11/12/2020

Category:
Others

Number of questions: 20
Share the Test:
Facebook
Twitter
Whatsapp
TAKE THE TEST
Last comments
No comments about this test.
Content:
No motor eléctrico, a atracção e repulsão entre campos magnéticos criadas nas bobines indutoras e induzidas, faz: Girar as bobines indutoras. Girar as escovas. Girar o induzido.
Normalmente, uma travagem deficiente, com fuga de ar quando o pedal do travão é pressionado, terá como causa directa: O entupimento da janela de escape do servo-freio. Uma folga excessiva nas maxilas de travão. Uma fuga de ar na válvula dupla do travão.
Nos automóveis equipados com estruturas do tipo monobloco, a zona indeformável abrange: A frente do automóvel. A retaguarda do automóvel. O habitáculo do automóvel.
Nos automóveis, a regulação do ar condicionado, à temperatura ideal, é condição para: Ajudar o condutor a manter a atenção durante mais tempo, com consequente aumento da cansaço. Garantir maior conforto na condução, logo maior segurança. Promover a desconcentração do condutor, bem como o cansaço.
Nos modernos automóveis pesados de mercadorias, a adopção do painel de instrumentos curvo e em torno da posição de condução, confere: A possibilidade de posicionar os dispositivos de controlo e outros instrumentos a distâncias de utilização francamente confortáveis. Moderna aparência ao habitáculo, sem que influencie as condições de consulta do mesmo, mas, com prejuízo para a ergonomia. Moderna aparência ao habitáculo, sem que influencie as condições de consulta do mesmo.
Nos motores a diesel, e ao momento do tempo de admissão, entra no respectivo colector de admissão: Ar misturado com gasóleo. Ar. Gasóleo.
Num automóvel com as rodas da frente desequilibradas, pode verificar-se: Um aumento significativo do consumo de combustível. Um desgaste anormal das molas. Uma vibração anormal da direcção.
Num automóvel de mercadorias do tipo 6x4, destinado ao transporte de inertes, o quadro é constituído por uma estrutura do tipo: Chassis de longarinas e travessas. Monobloco. Tubular.
Num automóvel pesado equipado com caixa de velocidades manual, o condutor ao engrenar uma velocidade, deve: Accionar a alavanca selectora com força e o mais rapidamente possível. Accionar a alavanca selectora o mais rapidamente possível, de modo a igualar a velocidade periférica dos carretos de dentes rectos. Ter em consideração que o processo de sincronização se baseia no atrito que resulta do contacto entre superfícies metálicas.
Num automóvel pesado, o rebentamento de uma conduta do sistema de travagem pneumático e consequente perda de pressão, implica que: O veículo fique a rodar livremente e, como tal, desgovernado. O veículo fique desgovernado, muito embora com um besouro em funcionamento. Os cilindros de mola travem as rodas.
Num motor a diesel, o início da combustão deve-se: À compressão do ar, consequente temperatura elevada e injecção de combustível. À descarga da vela de incandescência. À faísca produzida entre os pólos da vela.
Num sistema de injecção convencional, qual a função do tubo de retorno dos injectores? Aumentar a pressão em todo o sistema de alimentação. Dar vazão ao gasóleo sobrante e acumulado à retaguarda das agulhas dos injectores. Realizar a purga, mantendo o sistema com a devida pressão.
Num veículo em marcha, com o motor em aceleração e equipado com embraiagem mecânica de disco único, esta não 'patina' por acção de: Força produzida por macaco hidráulico, dando origem a resistência por atrito. Impulso de bomba hidráulica, dando origem a resistência dinâmica. Impulso/pressão de mola ou molas, dando origem a resistência por atrito.
Num veículo equipado com caixa de velocidades automática e com o selector na posição 'D', o condutor sabe que: O sistema seleccionará qualquer das velocidades disponíveis que permitem que o mesmo se desloque para a frente. O sistema seleccionará qualquer das velocidades disponíveis. Unicamente entram em funcionamento as maiores relações de desmultiplicação.
Num veículo pesado, e no tocante à purga da água condensada, a manutenção e verificação da instalação de duplo circuito e dupla conduta, compreende: A abertura das válvulas de purga dos depósitos de ar comprimido até que só saia ar. A eliminação de condensações dos filtros de óleo do compressor. A verificação do nível de óleo do compressor e consequente purga.
O amortecedor oleopneumático telescópico tem, no seu interior como elemento básico para o seu funcionamento: Um reservatório de ar à pressão atmosférica, com sistema de purga, uma câmara de ar e uma outra de óleo. Uma câmara de ar à pressão atmosférica e uma outra de óleo. Uma câmara de gás e uma outra de óleo.
O chamado 'aquecedor de curtas paragens' que equipa alguns veículos pesados, permite manter: A água do radiador quente. A temperatura da cabina depois de desligar o motor. O motor quente.
O condutor deve utilizar o bloqueio de diferencial quando o veículo: Circula em pavimento com boa aderência. Circula em pavimento escorregadio. Esteja imobilizado por falta de aderência das rodas motoras.
O conta-rotações do motor instalado no painel de instrumentos dos automóveis, apresenta: Informação acerca da potência do motor e respectiva desmultiplicação na caixa de velocidades. Informação acerca da relação trabalho/consumo do motor. Informação acerca do regime do motor.
O disco de embraiagem é empurrado contra o volante do motor pelo: Prato de pressão ou prato compressor. Rolamento ou carvão de encosto. Veio da caixa de velocidades.
Report abuse Terms of use
HOME
CREATE TEST
COMMENTS
STADISTICS
RECORDS
Author's Tests