option

Directores

COMMENTS STADISTICS RECORDS
TAKE THE TEST
Title of test:
Directores

Description:
Teste directores 1

Author:
JC
(Other tests from this author)

Creation Date:
19/04/2015

Category:
Driving Test

Number of questions: 59
Share the Test:
Facebook
Twitter
Whatsapp
Share the Test:
Facebook
Twitter
Whatsapp
Last comments
No comments about this test.
Content:
A coordenação consiste em acompanhar a realização e apoiar a concretização dos objectivos? A afirmação está correcta. A afirmação está incorrecta.
Uma organização pode funcionar eficazmente sem liderança? Sim Não.
A avaliação de desempenho pode ser um dos instrumentos de controlo dos colaboradores na organização. A afirmação é correcta? Sim Não.
O desenvolvimento organizacional tem implicações nas mudanças internas e externas de uma organização? Não o desenvolvimento organizacional é apenas uma resposta às mudanças internas de uma organização, tendo como objectivo aumentar a sua eficácia interna. Sim, o desenvolvimento organizacional pretende tornar a organização mais eficaz e adaptável às mudanças interna e externas,.
Face aos objectivos definidos no âmbito duma organização, deverão ser analisados ou fiscalizados os comportamentos adequados e inadequados dos colaboradores? Sim Não.
O objectivo de repreensão não deve ser admoestar o colaborador, mas interromper um comportamento incorrecto e melhorar o desempenho. A afirmação é verdadeira A afirmação é falsa.
Os comportamentos de liderança podem contribuir para o insucesso de uma organização? Não, os comportamentos de liderança não são um dos factores de insucesso de uma organização. Não, o insucesso de uma organização está relacionado com o fraco desempenho dos elementos da organização, ao alcançar objectivos definidos e resultados pretendidos. Sim, os comportamentos de liderança podem ser um dos factores de insucesso de uma organização.
Uma das vantagens da análise de comportamentos dos funcionários restrita às condutas indesejáveis, permite que estes aprendam a evitar tais actos e aumentem os comportamentos desejados. A afirmação é correcta? Sim Não.
Quando numa organização a atenção se focaliza apenas nos comportamentos desejados e não indesejado, a possibilidade de repetição de erros ou comportamentos inadequados aumenta ou diminui? Aumenta. Diminui.
Assinale a afirmação considerada adequada ao desempenho de funções numa organização: Os colaboradores tendem a repetir os comportamentos que, no passado, foram reconhecidos e recompensados e a evitar os comportamentos que foram sancionados. Os colaboradores tendem a repetir os comportamentos que no passado, ainda que inadequados, não tiveram quaisquer consequências e a evitar os comportamentos adequados já reconhecidos. Os colaboradores não tendem a repetir os comportamentos que, no passado, já foram reconhecidos e recompensados.
Uma das formas de induzir os colaboradores a melhorar o seu desempenho consiste em sancionar os comportamentos indesejados. A afirmação é correcta? Sim, contribuindo desta forma para a interrupção ou o desaparecimento de comportamentos inadequados. Não, a melhoria do desempenho e o aumento da motivação dos colaboradores é conseguida apenas através do reconhecimento permanente de contributos positivos, elogiando ou recompensando.
No que se refere às relações entre líder e os liderados, uma da regras básicas consiste no líder nunca elogiar em público e repreender em privado. A afirmação é verdadeira. A afirmação é falsa.
Um líder, no exercício da sua função, deve ter em consideração que: A repreensão deve recair sobre o comportamento incorrecto e não sobre a pessoa. O objectivo da repreensão consiste em admoestar o funcionário e não o comportamento em si mesmo, de modo a contribuis para a melhoria do seu desempenho.
Na avaliação de desempenho, a repreensão de um funcionário com posição de chefia, na presença dos seus subordinados e dos restantes elementos da organização, pode: Gerar nos funcionários desconfiança e desrespeito pelo líder. Gerar um sentimento de respeito pelo líder, reforçando a sua autoridade e capacidade de liderança. Gerar um sentimento de igualdade entre todos os individuos da organização, nomeadamente por ter sido repreendido em público um funcionário com posição de chefia.
Os objectivos definidos por uma organização devem proporcionar aos seus colaboradores a satisfação das suas necessidades de progressão, sucesso, responsabilidade e reconhecimento? Sim Não.
Na avaliação de desempenho, o esforço e o contributo positivo do colaborador de uma organização: Deve ser reconhecido em público e numa lógica permanente, criando reconhecimento e interesse pelo trabalho desenvolvido nos restantes colaboradores. Deve ser reconhecido em privado e não em público, evitando deste modo desconforto e desânimo nos restantes colaboradores. Deve ser reconhecido em privado e apenas nos momentos em que a organização, avalia formalmente o desempenho dos seus colaboradores.
Como proceder quando os funcionários de uma organização mostram não ter os conhecimentos necessários face aos objectivos definidos? Os funcionários devem ser repreendidos. Os funcionários devem ser despedidos. Os funcionários devem receber formação adequada.
A gestão por objectivos permite uma utilização mais adequada das capacidades dos elementos do grupo. A afirmação é correcta? Sim. Não.
Numa gestão assente em objectivos, deve ser tido em consideração que: Objectivos específicos originam melhores níveis de desempenho. Objectivos não específicos ou vagos, fomentam a criatividade e a motivação dos elementos do grupo e originam melhores níveis de desempenho.
No âmbito de uma organização, torna-se importante definir objectivos para motivar os indivíduos. Assim, devem ser definidos: Objectivos ambiciosos que, quando aceites, levam a níveis de desempenho mais elevados do que objectivos fáceis. Objectivos fáceis que, quando aceites, levam a níveis de desempenho mais elevados do que objectivos difíceis. Objectivos fáceis que levam a níveis de desempenho e motivação mais elevados do que objectivos difíceis.
A auto-aprendizagem é conciliável com a aprendizagem formal. A afirmação é correcta? Sim. Não.
O conhecimento organizacional é a soma dos conhecimentos individuais de cada elemento da organização, A afirmação é correcta? Sim. Não.
Para um líder ser bom decisor deve: Ter em consciência do problema que necessita de resolução e decidir correcta e ponderadamente com base em factos e informações obtidas. Ter em consciência do problema que necessita de resolução e decidir com base em opiniões.
Os resultados pretendidos e o tipo de tarefas a executar pelo grupo, são factores que influenciam o aparecimento de um líder. A afirmação é correcta? Sim. Não.
A função de líder de um grupo tem, necessáriamente, que ser desempenhada por uma só pessoa? Sim, é no líder que estão centradas as capacidades de criatividade, inovação e decisão. Não, o essencial é que a liderança esteja assegurada e que as respectivas tarefas sejam executadas.
A liderança formal está relacionado com: Os comportamentos de indivíduos com maior influência no grupo mas sem uma escolha assumida de líder. Os comportamentos de indivíduos com maior aptidão independentemente da prévia definição do líder. Os comportamentos de indivíduos formalmente instituidos como líderes.
Um líder que procura ser um membro integrado no grupo deve assumir-se como: Autoritário Liberal Democrático. Permissivo.
O director de uma escola de condução deve saber que, se o instrutor não se comportar com urbanidade nas suas relações com os instruendos, tal conduta constitui: Infracção ao regime jurídico do ensino de condução, sancionada com coima e sanção acessória de suspensão de licença de instrutor pelo período de 30 dias a 1 ano. Infracção ao regime jurídico do ensino de condução, sancionada com coima e sanção acessória de suspensão de licença de instrutor pelo período de 60 dias a 2 ano.
A falta de um candidato, sem aviso prévio, a uma aula teórica de condução, é considerada como lição prestada. A afirmação é correcta? Sim. Sim, a falta sem aviso prévio a uma aula teórica, deve ser considerada como lição prestada, sem prejuízo do número mínimo de lições a ser mionistradas ao candidato. Não, a falta sem aviso prévio deve ser considerada como lição prestada apenas para efeitos do respectivo pagamento.
O regime jurídico do ensino de condução estabelece algum período de intervalo a respeitar entre as lições de condução? Sim, deve ser respeitado um intervalo de cinco minutos entre lições, sendo o instrutor o responsável pelo seu incumprimento. Sim, deve ser respeitado um intervalo de dez minutos entre lições, sendo o instrutor e o director da escola responsáveis pelo desrespeito de tal regra. Não, encontra-se apenas prevista a obrigação de respeitar um intervalo entre lições de teoria de condução.
Um director de escola pode requerer ao IMT que uma prova das aptidões e do comportamento seja acompanhada por outro instrutor por si indicado? Não, o acompanhamento da prova das aptidões e do comportamento deve ser efectuado pelo instrutor que ministrou o ensino. Não, o acompanhamento da prova das aptidões e do comportamento deve ser efectuado pelo instrutor que ministrou o ensino, excepto se o instrutor se encontrar impossibilitado de acompanhar provas, por ter impedido ou dificultado o serviço de exames. Sim, em casos devidamente fundamentados, o director da escola pode requerer até dois dias úteis antes do dia da prova.
Um director de escola deve saber que, se um candidato na prova de aptidões e do comportamento deixar, por imperícia, parar o motor mais de três vezes, isso é considerado intolerável e causa reprovação. A afirmação é verdadeira. A afirmação é falsa.
É obrigatória a presença do director da escola de condução se um candidato reprovar no exame teórico e quiser ver a sua prova? Sim, em caso de reprovação, o candidato deve ver a prova na presença do examinador e do director da escola. Sim, em caso de reprovação, o candidato deve ver a prova apenas na parte referente às questões objecto de reprovação, na presença do examinador e do directos da escola. Não, em caso de reprovação, o candidato pode ver a prova apenas na parte referente às questões objecto de reprovação e na presença do examinador.
No processo de transferência de escola de condução de um candidato a condutor, os documentos a entregar na nova escola devem conter a anotação da transferência assinada pelo director? Sim. Não, uma vez que o candidato ainda não terminou a aprendizagem, não podendo ser proposto a exame. Não.
O IMT, cancelou o alvará de uma escola de condução. Qual a consequência para os instruendos inscritos? O director da escola deve cancelar todas as inscrições e restituir aos instruendos as importâncias respeitantes ao saldo entre as quantias pagas e as devidas. O director da escola deve cancelar todas as inscrições e restituir aos instruendos as importâncias respeitantes ao saldo entre as quantias pagas e as devidas, bem como o preço da inscrição. As inscrições dos intruendos caducam com o cancelamento do alvará da escola de condução.
Um candidato a condutor, inconformado com o cancelamento da sua inscrição na escola, apresentou reclamação. No seguimento da reclamação apresentada, o director da escola restitui ao instruendo o preço pago pela incrição. Procedeu correctamente? Sim. Sim, se a reclamação tiver sido apresentada no prazo de 30 dias a contar da notificação do cancelamento. Não.
O director de uma escola, ao verificar uma causa de cancelamento de inscrição, comunicou verbalmente ao candidato que a sua inscrição estava cancelada. Procedeu correctamente? Sim, a comunicação verbal do cancelamento da onscrição produz pelnos efeitos. Sim, devendo o director, posteriormente, notificar o candidato por carta simples. Não, o director da escola não tem competência para cancelar a inscrição de um instruendo. Não, o cancelamento da inscrição só produz efeitos, após o instruendo ser notificado por carta registada com aviso de recepção.
Compete sempre ao director da escola cancelar a inscrição de um instruendo, com base em qualquer das situações de possível cancelamento. A afirmação é correcta? Sim. Não.
Nos casos em que um candidato a condutor se mantenha afastado do ensino durante mais de 30 dias úteis sem aviso prévio, a sua inscrição pode ser cancelada? Sim, o titular do alvará pode dar início ao processo de cancelamento da inscrição. Sim, o director da escola pode dar início ao processo de cancelamento da inscrição. Não, tal conduta não constitui causa de cancelamento da inscrição. Não, tal conduta não constitui causa de cancelamento da inscrição, devendo no entanto o director da escola informar o titular do alvará.
Miguel, candidato a condutor, desde o início da sua formação, tem tido um comportamento irregular e prejudicado o ensino da condução. Face a várias reclamações apresentadas por outros instruendos devido a tal conduta, poderá a sua inscrição ser cancelada? Sim, o director da escola deve comunicar a ocorrência ao titular de alvará e este dar início ao processo de cancelamento. Sim. Não. Não, o director de escola apenas pode cancelar a inscrição, caso o instruendo esteja impossibilitado de comparecer às lições teóricas, práticas e técnicas de condução.
Um director de escola deve saber que as lições de teoria de condução têm uma duração mínima de: 45 minutos 50 minutos 55 minutos 60 minutos.
Compete ao director de uma escola observar e zelar pela correcta identificação dos veículos de instrução, nos termos e conforme estabelece o o regime jurídico do ensino de condução? Sim, o incumprimento do estabelecido sobre a identificação dos veículos de instrução, é sancionado com coima aplicável ao instrutor e ao director da escola. Não, ao director de uma escola de condução apenas lhe compete informar o titular de alvará, de qualquer ocorrência relacionada com a identificação dos veículos de instrução. Não, o director de escola de condução não tem por dever cumprir o estabelecido sobre a identificação dos veículos de instrução.
O director de uma escola de condução é responsável pela inexistência ou não funcionamento de qualquer dos elementos do equipamento obrigatório? Não. Não, a responsabilidade recai unicamente sobre o titular do alvará. Sim, a responsabilidade recai sobre o director e também sobre o titular do alvará. Sim, mas apenas no que respeita ao não funcionamento de qualquer equipamento obrigatório.
Ministrar o ensino prático de condução em veículo para o qual o formador não se encontre habilitado, constitui infracção ao regime jurídico deste ensino, punida com coima e sanção acessória de suspensão de licença. A afirmação é verdadeira. A afirmação é falsa.
Constitui dever de um director de escola de condução efectuar a avaliação formativa dos candidatos a condutores? Não, a avaliação formativa dos instruendos não constitui dever de um director de escola de condução. Não, a avaliação dos candidatos compete ao instrutor que ministrou o ensino. Sim, constitui dever de um director de escola de condução efectuar a avaliação formativa dos candidatos a condutores, apoiando o instrutor.
O instrutor deve informar o director da escola sobre o grau de conhecimentos e aptidão do candidato? Sim Não.
Os instrutores devem comparecer no IMT quando notificados e prestar os esclarecimento necessários, constitui o incumprimento de tal dever: Contra-ordenação com coima e sanção acessória de suspensão de licença de instrutor, pelo período de 30 dias a 1 ano. Contra-ordenação com coima e sanção acessória de suspensão de licença de instrutor, pelo período de 60 dias a 1 ano. Contra-ordenação com coima e sanção acessória de suspensão de licença de instrutor, pelo período de 60 dias a 2 ano. Contra-ordenação ao regime jurídico do ensino de condução, sancionada unicamente com coima.
As escolas de condução devem possuir elementos de registo ao ensino que ministram. Quem é o responsável pelo incumprimento das regras que os regulam? O titular de alvará. O gerente da escola. O director da escola.
Um candidato que pretenda habilitação para veículos da categoria C e não seja de nacionalidade portuguesa, nem tenha suficientes conhecimentos da lingua, pode requerer ao serviço competente do IMT a nomeação e intervenção de tradutor na respectiva prova teórica de condução? Sim. Sim, excepto para as provas teóricasa das categorias D e D+E e subcategorias D1 e D1+E. Não. Não, excepto para as provas teóricas das categorias D e D+E e subcategorias D1 e D1+E.
Os titulares de certificado de condução emitido pelas forças militares e de segurança que não tenham requerido a sua equivalência a carta de condução, deverão frequentar curso de formação de candidato a condutor em escola de condução, para efeitos de propositura a exame? Sim. Sim, dado que não requereram a sua equivalência a carta de condução, como a legislação exigia. Não.
Os titulares de licenças de condução estrangeira que não possam, nos termos da legislação em vigor, obter carta de condução com dispensa de exame, devem ser propostos por escola de condução? Sim. Sim, estando no entanto dispensados da frequ~encia do números mínimo de lições. Não.
Um condutor sujeito a novo exame de condução, por dependência ou tendência para abusar de bebidas alcoólicas, é obrigado a frequentar o número mínimo de lições referente à respectiva categoria de veículo. A afirmação é correcta? Sim. Sim, o candidato deve frequentar o número mínimo de lições referente à respectiva categoria de veículo, com especial incidência sobre o tema que deu origem a novo exame de condução. Não.
Um condutor, sobre o qual tenham surgido fundadas dúvidas sobre a sua aptidão física, mental ou psicológica e, em consequência, tenha sido submetido a novo exame de condução, está dispensado da frequência e da propositura a exame por escola de condução? Sim. Não.
Na otenção da habilitação para conduzir veículos agrícolas da categoria II, em caso de reprovação no exame, o candidato deve frequentar, no mínimo, mais três lições, a incidir sobre os temas que deram origem à reprovação. A afirmação é verdadeira. A afirmação é falsa.
Um candidato a condutor que pretenda habilitação para motociclo de cilindrada inferior a 50 cc e tenha reprovado na prova de exame, deve frequentar mais lições? Não, o candidato não é obrigado a isso. Não, podendo o candidato, se assim o entender, frequentar mais lições a incidir sobre os temas que deram origem à reprovação. Sim, devendo incidir sobre os temas que deram origem à reprovação e corresponder, no mínimo duas lições. Sim, devendo incidir sobre os temas que deram origem à reprovação e corresponder, no mínimo, a três lições.
António, candidato a condutor, reprovou numa das provas do exame de condução à categoria B. Terá que frequentar mais lições na escola de condução? Não, mas pode, se assim o entender, frequentar mais lições a incidir sobre os temas que deram origem à reprovação. Não. Sim, duas lições no mínimo, devendo elas incidir sobre os temas que deram origem à reprovação. Sim, cinco lições no mínimo, devendo elas incidir sobre os temas que deram origem à reprovação.
Assinale a afirmação correcta: Um candidato só pode ser proposto a exame teórico de condução quando tenha frequentado, no mínimo, um terço do número de lições práticas para a categoria ou subcategoria a que pretende habilitar-se. Um candidato só pode ser proposto a exame teórico de condução quando tenha frequentado, no mínimo, um quarto do número de lições práticas para a categoria ou subcategoria a que pretende habilitar-se Um candidato só pode ser proposto a exame teórico de condução, quando tenha concluído a aprendizagem teórica com aproveitamento.
Dado que o ensino prático da condução deve ser ministrado em simultâneo com o ensino teórico, em que momento um candidato a condutor pode iniciar as aulas práticas? O ensino prático da condução só pode iniciar-se após frequência de um sexto do número mínimo das lições de teoria, relativa a cada uma das categorias e subcategorias a que o candidato se pretende habilitar. O ensino prático da condução só pode iniciar-se após frequência de um quinto do número mínimo das lições de teoria, relativa a cada uma das categorias e subcategorias a que o candidato se pretende habilitar. O ensino prático da condução só pode iniciar-se após frequência de um quarto do número mínimo das lições de teoria, relativa a cada uma das categorias e subcategorias a que o candidato se pretende habilitar.
Para a habilitação de veículos da categoria D, qual o número mínimo de lições de prática de condução que devem ser ministradas? 4 lições, se o candidato for titular da carta de condução da subcategoria D1. 8 lições, se o candidato for titular da carta de condução da subcategoria D1. 16 lições. 20 lições.
Report abuse Terms of use
HOME
CREATE TEST
COMMENTS
STADISTICS
RECORDS
Author's Tests