option
My Daypo

Meteorologia II

COMMENTS STADISTICS RECORDS
TAKE THE TEST
Title of test:
Meteorologia II

Description:
AP-HN/2021

Author:
AVATAR
3SG HN DIAS 3SG HN CIPRIANO
(Other tests from this author)


Creation Date:
11/10/2021

Category:
Science

Number of questions: 100
Share the Test:
Facebook
Twitter
Whatsapp
Share the Test:
Facebook
Twitter
Whatsapp
Last comments
No comments about this test.
Content:
Correlacione: Centro de alta pressão Centro de baixa pressão.
O centro de alta pressão no hemisfério SUL tem sua força do gradiente de pressão para fora do centro da alta. V F.
O centro de alta pressão no hemisfério NORTE tem sua força do gradiente de pressão para fora do centro da alta. V F.
O centro de baixa pressão no hemisfério NORTE tem seu gradiente de pressão para fora da Baixa. V F.
O centro de baixa pressão no hemisfério SUL tem seu gradiente de pressão para fora da Baixa. V F.
Convergência e divergência induzem movimentos verticais e horizontais por continuidade. V F.
Correlacione: ALTA PRESSÃO BAIXA PRESSÃO.
Os ciclones podem ser classificados como: (Pode ter mais de uma resposta) Extratropicais ou de latitudes médias Tropicais Subtropicais Semipermanentes Transientes ou Migratórios.
Os anticiclones podem ser classificados como: (Pode ter mais de uma resposta) Extratropicais ou de latitudes médias Tropicais Subtropicais Semipermanentes Transientes ou Migratórios.
Persistem durante quase o ano todo entre 25°S e 45°S e suas posições variam muito pouco ao longo do ano. Anticiclones Semipermanentes ou Subtropicais Anticiclones Transientes ou Migratórios Ciclones Extratropicais Ciclones Tropicais Ciclones Subropicais.
Os ciclones transientes ou migratórios são aqueles que migram de latitudes elevadas para latitudes mais baixas, sempre na retaguarda de uma frente fria. V F.
O Ciclone extratropical possui característica híbrida. Entre o ciclone tropical e o ciclone subtropical. V F.
O Ciclone Tropical se forma no mar assim como o subtropical e se vai se dissipando ao chegar em terra. F V.
Os ciclones extratropicais são ciclones de escala sinótica que se formam na fronteira entre massas de ar com características iguais. V F.
A principal fonte de energia dos ciclones extratropicais está no gradiente horizontal de temperatura entre as massas de ar que interagem. V F.
O ciclone extratropical é um ciclone não-frontal de escala sinótica que se forma apenas sobre o mar, em regiões extratropicais. F V.
A principal fonte de energia do CICLONE TROPICAL é o calor absorvido dos oceanos e liberado durante a condensação do vapor d’água nas nuvens. V F.
Correlacione: Forças Reais Forças Aparentes.
É a força que surge pelas diferenças de densidade do ar (diferenças de pressão), e que impulsiona o ar das regiões de alta pressão para as regiões de baixa pressão. Força do Gradiente de Pressão Intensidade do Gradiente de Pressão Força da Gravidade Força de Coriolis Força Centrífuga.
A força de Coriolis não atua em fenômenos de escala espacial e temporal pequenas. V F.
A força de Coriolis é quase nula nos polos e máxima no Equador. F V.
A força de Coriolis gera um desvio para a esquerda do movimento no HN e para a direita no HS. V F.
Na atmosfera, os fenômenos em rotação são afetados pela Força de Coriolis. V F.
Situação de equilíbrio em que a força de Coriolis compensa exatamente a força do gradiente de pressão. (letras minúsculas).
O início da brisa marítima é caracterizado por: (podem ter mais de uma alternativa) aumento na intensidade do vento mudança na direção queda de temperatura aumento de umidade aumento da pressão atmosférica queda da pressão atmosférica.
As brisas de vale tem característica ascendente durante o dia. F V.
Os ventos catabáticos sopram encosta abaixo durante o dia. F V.
Representa o campo de pressão e os respectivos sistemas meteorológicos de escala sinótica. (letras minúsculas).
As cartas sinóticas são elaboradas com base em dados observados em superfície e em sub-superfície. F V.
Clique na simbologia da crista.
Clique na simbologia da ZCIT.
Clique na simbologia de Furacão no hemisfério NORTE.
Clique na simbologia de Tempestade Tropical no hemisfério SUL.
Clique na simbologia de Frente Oclusa.
Clique na simbologia de Frontólise fria.
Clique na simbologia de Frontogênese quente.
Quanto menor o gradiente de pressão, maior é a intensidade do vento. V F.
Como obter a carta sinótica a bordo? (mais de uma resposta) Internet Aplicativo “Boletim ao Mar” Transmissão por rádio Fac-símile (HF) Código IAC-Fleet SafetyNet Transmissão por rádio Fac-símile (VHF).
Apenas as ondas geradas pelo vento e pela maré meteorológica são registradas pelo observador meteorológico. V F.
São fatores que influenciam o estado do mar: profundidade correntes marítimas proximidade da costa proximidade de ilhas vento poluição acidente ambiental organismos bentônicos.
Vagas são os movimentos ondulatórios das águas do mar gerados pelo vento que soprou num momento passado e local distante. V F.
As vagas possuem períodos longos, quando comparados aos períodos dos marulhos, e possuem maiores comprimentos. F V.
Na prática, se utiliza o limite de __ segundos de período para classificar a onda como vaga ou marulho. Período de até __ segundos vagas; período acima de __ segundos marulhos. 10 - 5 - 5 10 - 5 - 10 5 - 10 - 5 10 - 10 -10 5 - 10 - 10.
Quanto maior o período das ondas oceânicas, menor a quantidade de energia sendo transportada. V F.
O estado do mar é o somatório de vagas, marulhos e intensidade do vento. F V.
A escala Beaufort é utilizada para estimar o estado do mar a partir da intensidade do vento. F V.
Os avisos de mau tempo são divulgados quando a intensidade do vento se encontra a partir de Força 8 para áreas costeiras e para áreas oceânicas a partir de Força 7. V F.
Os avisos de mau tempo são divulgados quando o estado do mar se encontra com ondas a partir de 3 metros para áreas costeiras e para áreas oceânicas a partir de 4 metros. V F.
É um boletim meteorológico voltado para todos os navegantes da METAREA V, elaborado e emitido duas vezes ao dia, referentes aos horários de 0000 UTC e 1200 UTC. (letras minúsculas).
Correlacione, METEOROMARINHA é composto de: Parte I Parte II Parte III Parte IV Parte V Parte VI.
A homogeneidade é alcançada se as porções de ar permanecem em contato com determinadas regiões da superfície da terra por tempo suficientemente curto. F V.
É a elevação anormal do nível da água originado por uma tempestade, acima e além das previsões das marés astronômicas. (letras minúsculas).
Tempestade associada a nuvens do tipo Cumulonimbus (Cb), acompanhadas, em geral, de descargas elétricas, de trovões, granizos, e até tornados. (letras minúsculas).
O aparecimento de correntes ascendentes marca o início do estágio de maturidade da trovoada. V F.
Geralmente as trombas d'água são de menor extensão, duração e intensidade que os tornados. V F.
A tromba d'água é caracterizada pelo acúmulo de água decorrente de precipitação que escoa de forma violenta de cachoeiras, podendo ser muito perigosa à vida humana. V F.
Em dias com céu encoberto, as brisas marítima e terrestre são mais fracas ou mais fortes do que em situação de céu claro? Fracas Fortes Mesma intensidade.
Que tipo de ciclone possui características de ciclones tropicais e extratropicais simultaneamente? subtropicais transientes de latitudes médias semipermanentes migratórios.
Um sistema de baixa pressão sempre desenvolverá nuvens, mesmo que a umidade do ar seja insuficiente. F V.
Os sistemas de alta pressão no Hemisfério Norte possuem giro anticiclônico. F V.
Os centros de baixa pressão possuem movimento subsidente. F V.
Os centros de alta pressão possuem movimento convergente na superfície. F V.
Os centros de alta pressão possuem movimento descendente. F V.
A força de Coriolis só atua sobre o ar em movimento. F V.
Os anticiclones transientes também são chamados de subtropicais. V F.
O cinturão de altas subtropicais é formado pelo encontro subsidente das células de Hadley e Ferrel. V F.
A brisa marítima ocorre durante a madrugada e início da manhã. V F.
A brisa de montanha favorece a formação de nuvens em seu cume. F V.
O giro observado nos furacões deve-se ao efeito da força de Coriolis. F V.
Os ventos alísios são formados pelo ar que diverge das altas subtropicais em direção às baixas equatoriais. F V.
Qual das forças abaixo atua apenas nos movimentos verticais das parcelas de ar? Atrito. Coriolis. Centrífuga. Gravidade. Gradiente de Pressão.
Qual das condições abaixo NÃO é uma condição do tempo característica de sistemas de alta pressão atmosférica? Ventos mais fortes no centro. Divergência em superfície. Favorável à formação de nevoeiro. Dificulta a formação de nuvens. Movimentos descendentes no centro.
Quais forças que entram em equilíbrio geostrófico? Força do Gradiente de Pressão e Força Centrífuga. Força de Coriolis e Força do Gradiente de Pressão. Força de Coriolis e Força Centrífuga. Força de atrito e Força do Gradiente de Pressão. Força de Coriolis, Força do Gradiente de Pressão e Força de Atrito.
Sabendo que não há fenômenos meteorológicos de escala sinótica ocorrendo nos dias 24 e 25 de agosto, a que corresponde os ventos observados nas áreas destacadas? Passagem de frente fria. Brisa terrestre Brisa de montanha Ciclone sobre o mar Brisa marítima.
Com base na equação, pode-se afirmar que a Força de Coriolis: Depende da velocidade de rotação da Terra Não varia de acordo com a latitude. É máxima no equador. É nula nos polos. Atua sobre parcelas de ar paradas.
A respeito da brisa marítima, marque a opção correta sobre os seus efeitos. A entrada da brisa leva ao aumento da temperatura e à redução da umidade. A brisa é de direção sul/sudeste em todos os pontos da costa brasileira O início da brisa é marcado pela intensificação e mudança de direção do vento. Inicia durante a madrugada, pois o continente está mais frio que a água do mar. A entrada da brisa leva à redução da temperatura e à redução da umidade.
A principal fonte de energia dos ciclones tropicais é o calor transferido pela atmosfera para os oceanos. Quanto maior a Temperatura da Superfície do Mar, maior a quantidade de energia disponível para o desenvolvimento do ciclone. F V.
Classifique as ondas abaixo em ordem decrescente de energia transportada por metro quadrado: (5 para o maior valor e 1 para o menor) vagas maré marulhos capilares tsunami.
Os marulhos sempre possuem maior amplitude que as vagas. F V.
Quando a profundidade é igual à metade do comprimento de onda, as ondas passam a ser afetadas pelo fundo o mar, que leva ao aumento da sua amplitude e à possível arrebentação. V F.
As ondas associadas a este aviso de mau tempo possuem período de 8 segundos. Que tipo de onda atuará sobre a área do aviso? vagas maré marulhos capilares tsunami.
As ondas acima de 3,0 metros indicadas pela seta azul são vagas ou marulhos? Vagas Marulhos.
As ondas de 1,5 metro indicadas pela seta vermelha são vagas ou marulhos? Vagas Marulhos.
As cartas sinóticas são ferramentas prognósticas. F V.
Os ciclones e frentes pertencem à escala sinótica. V F.
O SMM produz quatro cartas sinóticas diariamente, às 03Z, 09Z, 15Z e 21Z. F V.
Por pertencer à Mesoescala, os furacões não são representados na carta sinótica. F V.
O código IAC-Fleet é utilizado para se obter a carta sinótica a bordo. V F.
A escala Beaufort é utilizada para se estimar o vento a partir do estado do mar. V F.
Os marulhos são ondas formadas por ventos locais. F V.
A profundidade e as correntes marítimas não afetam o estado do mar. F V.
A direção das vagas observadas é a mesma direção do vento. V F.
O Boletim Meteoromarinha é restrito aos navios da MB. F V.
Qual meio de recepção de avisos de mau tempo a bordo na METAREA V? Rádio VHF - transmissão da Estação-Rádio da Marinha do Brasil. Rádio MF - transmissão da Rede Nacional de Esatações Costeiras (RENEC). Satélite - transmissão da Rede Nacional de Esatações Costeiras (RENEC). Rádio HF - transmissão da Estação-Rádio da Marinha do Brasil. NAVTEX - transmissão da Rede Nacional de Estações Costeiras (RENEC).
De acordo com a NAVEMARINST 10-11A, até quanto tempo antes da comissão pode ser solicitado um Boletim de Previsão Meteorológica Especial (BPME)? 1 dia 2 dias 3 dias 4 dias 1 semana.
Segundo a Escala Douglas, ondas de 5,0 metros correspondem a qual estado do mar? Mar moderado. Mar grosso. Mar muito grosso. Mar alto. Mar muito alto.
Quais parâmetros de ondas são observados a bordo e incluídos na mensagem SHIP? Altura e comprimento. Velocidade e comprimento. Direção dos marulhos e velocidade. Altura e velocidade. Período e altura.
De acordo com a NAVEMARINST 10-11A, qual parâmetro meteorológico NÃO pode ser solicitado ao CHM para inclusão no BPME? Temperatura do ponto de orvalho. Visibilidade horizontal. Altura significativa das ondas. Vento na superfície. Umidade relativa do ar.
Qual parte do boletim Meteoromarinha contém a previsão do tempo para as para subáreas da METAREA? Parte I Parte II Parte III Parte IV Parte V.
O Boletim de Previsão Meteorológica Especial previu ventos de NE/N 20/25 nós, porém, as observações mostraram ventos de NW 35/40 nós. De acordo com a NAVEMARINST 10-11A, as previsões da direção e da intensidade do vento podem ser consideradas, respectivamente: correta e incorreta. incorreta e aceitável. aceitável e correta. incorreta e incorreta. aceitável e incorreta.
Report abuse Terms of use
HOME
CREATE TEST
COMMENTS
STADISTICS
RECORDS
Author's Tests