option

navegacao anac pph

COMMENTS STADISTICS RECORDS
TAKE THE TEST
Title of test:
navegacao anac pph

Description:
basico navegacao

Author:
thyago rodrigues de souza
(Other tests from this author)

Creation Date:
28/03/2014

Category:
Driving Test

Number of questions: 249
Share the Test:
Facebook
Twitter
Whatsapp
Share the Test:
Facebook
Twitter
Whatsapp
Last comments
No comments about this test.
Content:
Uma aeronave pousada em um aeródromo com elevação de 2120 pés e pressão de 1014,2 hPa, para zerar o altímetro deve ajustar: QNE QFE QFF QNH.
1- Quantas NM no Equador o Sol percorrerá em 8 segundos: 2 1 3 4.
2- A UTC em um aeródromo na longitude 137° 30' E do dia 22/09/2004 é 2200 h. A HLE, HLO e data, serão respectivamente: 1300 h/1250 h/22/09/2004 0700 h/0710 h/23/09/2004 1300 h/1250 h/23/09/2004 0700 h/0710 h/22/09/2004.
Uma aeronave mantém PM 210° para seguir o RM 200°. Durante o vôo cruza a DMG de 10° W, nesse caso a correção de deriva foi de: -10° 10° 5° 0°.
2- A abreviatura "NNW" pertence ao grupo de pontos e seu valor em graus é de, respectivamente: subcolaterais/337,5° colaterais/337,50° cardeais/337,50° laterais/337,5°.
1- Uma aeronave mantém a PM de 205° voando numa região onde corta isogônicas de 5o W a 5a E. A PV é de: 195° 200° 205° 215°.
Ao projetar o pólo Norte em um plano, a menor distorção seria se a origem da projeção fosse: cilíndrica cônica ortogônica estereográfica.
Quando na carta WAC aparecer uma linha Indicando NO VARIATION, significa que é uma linha: antagônica isogônica agônica anagônica.
Ao medir 2,5 cm em uma carta WAC, tem-se: 2,5 NM 2,5 km 25 NM 25 km.
O espaço aéreo perigoso, n° 6 do COMAR 3 vem designado, na carta WAC, como: D306 D603 P306 P603.
A abreviatura "SSW" pertence ao grupo de pontas: cardeais colaterais subcardeais subcolaterais.
Em uma projeção Lambert, uma rota loxodrômica é representada por um (a): linha reta linha curva círculo menor circulo máximo.
O nível de vôo de uma aeronave é dado pela distância vertical, medida a partir do (a): superfície terrestre aeródromo sobrevoado nível de pressão padrão ponto qualquer considerado.
O ângulo formado entre o rumo e a proa, denomina- se: desvio deriva correção de desvio correção de deriva.
Dados: número MACH indicação .55 e temperatura indicada do ar 20° C, a TAS é de: 370 KT 390 KT 410 KT 430 KT.
2- Dados altitude pressão 15000 FT, temperatura 30° Celsius e altitude indicada 12000 FT, a altitude verdadeira será de: 4150 m 4260 m 4400 m 4560 m.
As horas UTC, HLE e HLO são iguais no meridiano: 005° 010° 015° zero grau.
Na carta WAC os dados do AD são 471LH18. Portanto o comprimento da RWY é de: 471 m 471 FT 1800 m 1800 FT.
Com relação as ondas de rádio, a distância compreendida entre duas cristas consecutivas de um ciclo, denomina-se: difração refração freqüência comprimento de onda.
O rádio receptor com uma antena loop, que é capaz de determinar a direção das ondas emitidas por uma estação e que comumente sofre com os problemas de descargas elétricas da atmosfera, denomina-se: ADF VOR ILS ALS.
Uma acft decolou às 2130 P e pousou às 2140 Q, o tempo de vôo foi de: 0010 h 0040 h 0100 h 0110 h.
Uma aeronave para seguir o RV 360°, sofrendo a ação de um vento 195°/30 KT, deverá: corrigir para a esquerda corrigir para a direita derivar para a esquerda não corrigir.
Na carta WAC, representando parte do hemisfério Sul, observa-se os meridianos convergindo para o pólo, essa projeção é do tipo: cônica cilíndrica plana convergente polar.
1- Para percorrer uma rota de 52,60 NM em uma carta com escala 1:1500000, o piloto deve medir na carta, em cm, o valor de: 5,2 6,5 15 52.
2- Sendo a aititude pressão 12500 FT, temp. -20° C e altitude indicada 10500 FT, a altitude verdadeira será de: 10100 FT 11500 FT 11000 FT 12700 FT.
Uma aeronave, para voar no RV 135° com VA de 130 KT recebendo um vento de 360°/20 KT, terá deriva de: -6° 6° -3° 3°.
Uma aeronave.durante 42 min percorreu 113 NM e consumiu 60 litros de combustível. Sua velocidade e consumo horário, respectivamente, serão de: 113 KT/60 l/h 113 KT/ 86 l/h 162 KT/ 42 l/h 162 KT/ 86 l/h.
Dados PB 230°, RV 220°, DMG 15° W e Db 5° E, a correção de deriva será de: 0° 5° 10° 15°.
Convertendo 121 NM em km, tem-se: 65 194 224 242.
O piloto observa no velocímetro 135 KT e no altímetro 9500 FT. Sua VA aproximada é de: 135 KT 148 KT 153 KT 161 KT.
Em seu movimento de rotação, a Terra gira em torno de seu eixo imaginário, no sentido: Norte - Sul Sul - Norte Oeste - Leste Leste - Oeste.
A medida angular do arco de meridiano, compreendido entre dois paralelos, chama-se: latitude média longitude média diferença de latitude diferença de longitude.
Uma linha reta traçada em uma carta Lambert Conformal representa uma rota: loxodrômica ortodrômica cônica dupla de círculo mínimo.
Quando o altímetro é ajustado para 1013.2 hPa, é obtida a altitude: pressão indicada absoluta verdadeira.
A componente vertical da bússola é máxima: nos pólos magnéticos próximo ao Equador magnético na latitude de 45° Norte ou Sul na longitude de 060° Norte ou Sul.
Dados: PB 200°, DMG 20° W, e Db 5o E. A PV e PM serão, respectivamente: 175° - 195° 205° - 225° 175° - 215° 185° - 205°.
Dados: PB 150°, DMG 15° W, Db 10° W, VA 350 KT e DV/W 250° / 20 KT. A PB de regresso será de: 320° 324° 330° 335°.
Sendo dados: temperatura do ar verdadeira -20° C e o número MACH .42, a TAS será de: 260 km/h 350 km/h 479 km/h 498 km/h.
A diferença horária entre o fuso 120° W e o fuso 135° E é de: 1 h 8 h 9 h 17 h.
O ADF é um receptor que serve para sintonizar estações de: VOR NDB DME RDL.
Um piloto decolará às 10:00 h (HLE) no fuso 060° W; o horário que deverá preencher no plano de vôo será: 0600 Z 1000 Z 1400 Z 1600 Z.
Quando uma aeronave seguindo o RV 090° recebe um vento de 090°, tem-se a seguinte situação: VS = VA PV = RV VS > VA PV > RV.
Ao traçarmos uma rota entre NE e E na carta WAC, devemos medir o RV no(na): paralelo padrão meridiano médio menor latitude menor longitude.
A correção que se aplica à PM é chamada de: correção magnética desvio magnético correção verdadeira desvio de bússola.
Decolando de um aeródromo com elevação de 1500 FT e temperatura de 23° C, a temperatura no FL075 será de: 5° C 8° C 11° C 15° C.
1000 metros equivalem a: 305 FT 333 FT 3000 FT 3280 FT.
Uma aeronave no FL095 com VI de 155 KT, tendo como temperatura do ar -5 C, sua VA é de: 178 KT 182 KT 185 KT 191 KT.
Se uma aeronave consome 15 USGAL em 41 min, em o hora consumirá, em litros: 22 28 57 83.
Uma aeronave mantendo PM 050° e VA 170 KT em uma região de DMG 10° W, recebe um vento de 120°/ 20 KT, O RV e a VS serão, respectivamente de: 056°/162 KT 044°/175 KT 033°/168 KT 056°/178 KT.
O piloto aplicou uma correção de deriva perfeita de 8o para a esquerda e manteve PB 004°, em uma região com DMG 13° W e Db 5° E. O RV voado era de: 348° 356° 004° 008°.
Ao realizar uma navegação estimada, o piloto deve conhecer sua posição através, basicamente, do (a): direção e velocidade do vento uso de equipamentos eletrônicos uso de equipamento radiogoniométrico observação de pontos de referência sobre a superfície.
O menor arco de paralelo ou de Equador compreendido entre os meridianos dos pontos considerados, denomina- se: latitude longitude diferença da latitude diferença de longitude.
A projeção ortogonal na superfície da Terra, da trajetória desejada ou percorrida pela aeronave, é denominada como: direção proa rumo rota.
A projeção que apresenta grandes distorções das áreas projetadas em altas latitudes, denomina-se: Lambert zenital azimutal Mercator.
Nas cartas de navegação, as linhas unindo os pontos de mesma DMG, denominam-se: isóbaras isociínicas isogônicas isotérmicas.
Uma aeronave voando com PV 140°, corta linhas isogônicas de 20° W a 28° W. A PM média com que deverá voar, será de: 142° 152° 164° 188°.
O ângulo formado entre a proa da aeronave e a rota a ser percorrida pela mesma, denomina-se: deriva desvio de bússola correção de deriva declinação magnética.
Considerando-se a PV menor do que o RV e VA menor do que a VS, o vento soprará do setor de: proa pela direita proa pela esquerda cauda pela direita cauda pela esquerda.
Dentre as alternativas abaixo, identifique os fatores que são capazes de modificar a TAS: umidade, vento e densidade do ar FL, umidade e altitude densidade altitude pressão, temperatura e IAS altitude pressão, vento e temperatura.
Para as localidades que estejam do lado Leste, a hora legal em relação a UTC, é: a mesma mais tarde igual a HLO mais cedo.
O desvio de bússola é: constante, para todas as proas, num mesmo local constante, para todas as proas, em locais diferentes variável, para cada proa, num mesmo local variável, para cada proa, em locais diferentes.
A diferença de longitude do meridiano 060° E ao seu antimeridiano é: 060° W 120° W 180° 240° E.
Assinale as coordenadas geográficas expressas corretamente: 11° S - 095° W 21°65' N - 055°21'W 30°30'30" N - 189°40' 55" E 00°00'00" S - 180°00' W.
Durante uma descida com VI constante e vento de través, a VA: permanece constante aumenta diminui fica igual a VS.
A distancia em NM do ponto de latitude 75° 30´ N ao polo Norte sera de: 870 910 1430 1470.
Uma aeronave irá voar no RV 180 com vento de 090°/ 30 KT, Sendo assim a PV será: igual ao rumo e a VS igual a VA maior que o rumo e a VS igual a VA menor que o rumo e a VS maior que a VA menor que o rumo e a VS menor que a VA.
Cruzando o meridiano 180° com direção E, pela teoria dos fusos horários, deve-se: atrasar o relógio em 12 horas adiantar o relógio em 12 horas adiantar o relógio em 24 horas atrasar o relógio em 24 horas.
Se a DLO entre dois pontos for de 50° e a LOM entre eles for de 010° E, as longitudes dos pontos serão: 015° W e 035° E 010° E e 050° W 040° E e 060° E 045° E e 055° E.
Duas aeronaves recebem o mesmo vento lateral. Terá maior deriva aquela que: tiver menor VA tiver maior VA for mais leve for mais pesada.
O par ordenado que fornece a localização de um ponto chama-se: latitude e meridiano Equador e meridiano de Greenwich paralelo e longitude coordenadas geográficas.
Maneira de se conduzir uma aeronave de um lugar para outro, seguindo-se o resultado de cálculos predeterminados em função do vento reinante no trajeto desejado, denomina-se navegação: visual astronômica estimada celestial.
A unidade de velocidade KT (NÓ) é a relação entre: NM e hora km e hora m e hora FT e hora.
Em uma projeção Lambert, a escala de distância é considerada: constante igual a Mercator variável com a latitude variável com a longitude.
A distância vertical de um ponto ou de uma aeronave, acima do nível do mar, corrigida para as variações de pressão e temperatura, denomina-se altitude: pressão absoluta calibrada verdadeira.
A componente da força do campo magnético da Terra, que causa o ângulo de inclinação, é a: vertical horizontal do Equador do círculo máximo.
Uma aeronave, para se manter sobre a linha de rota desejada, com um vento do setor de cauda e da esquerda, deverá ter: ACD nulo deriva nula ACD negativo deriva negativa.
Em uma cidade situada na longitude 120° W são 10 horas (HLO). A UTC é: 0200 Z 0700 Z 1300 Z 1800 Z.
O espaço aéreo designado como "D403", numa carta WAC, vem a ser uma área: proibida número 3, do quarto COMAR perigosa número 3, do quarto COMAR proibida número 4, do terceiro COMAR perigosa número 4, do terceiro COMAR.
O ângulo formado entre uma linha Norte/Sul magnética que passa pela estação e a linha que liga a acft a estação denomina-se: PM MR QDR QDM.
O sistema de iluminação, localizado em ambos os lados da RWY, que mostra ao piloto a sua correta faixa de planeio, recebe a seguinte abreviatura: ALS ILS AVAS VASIS.
O antímeridiano do meridiano 120° E é de: 060° E 060° W 150° E 150° W.
O círculo máximo onde é iniciada a contagem das latitudes é o: Equador Trópico de Câncer Meridiano de Greenwich Trópico de Capricórnio.
Durante 01h e 30min, uma ACFT percorrerá 232 NM. A velocidade desenvolvida será de: 148 KT 155 km/h 275 KT 285 km/h.
Ao complemento da latitude dá-se o nome de: colatitude antilatitude latitude inferior latitude superior.
A linha que une pontos de DMG nula, denomina-se: isoípsa agônica isogônica isoclínica.
O ângulo formado entre um meridiano magnético e uma linha de rota, chama-se: proa magnética rumo magnético proa verdadeira rumo verdadeiro.
Sendo dados: altitude pressão 10000 FT, temperatura verdadeira da ar 15° C negativos e altitude calibrada 15000 FT, a altitude verdadeira será de: 14400 FT 15200 FT 14800 FT 15600 FT.
O método de navegação pelo qual a posição da ACFT é obtida através de instrumentos eletrônicos, sendo baseado na recepção de sinais emissores especiais, chama-se navegação: estimada eletrônica por contato astronômica.
O Equador é um circulo máximo, cuja latitude é de: 00° 90° 180° 270°.
WSW pertencente ao grupo de pontos subcolaterais, mais precisamente do setor direcional, é a abreviatura de: Oestesudeste Oestenoroeste Oestenordeste Oestesudoeste.
Numa projeção Mercator os meridianos e paralelos cortam-se em ângulos: retos agudos obtusos diferentes.
O círcuio menor, cujo plano é perpendicular ao eixo imaginário da Terra, é o: Equador antimeridiano meridiano paralelo.
A velocidade lida no velocímetro, sem qualquer correção, tem a sigla: VC ou CAS VI ou IAS VA ou TAS VS ou GS.
Se uma aeronave consome 23 litros em 50 minutos, em 13 minutos consumirá: 1.0 US Gal 2.3 US Gal 1.6 US Gal 5.9 US Gal.
Dados: temperatura verdadeira do ar 30° C negativos e MACH .45, a TAS será de: 273 km/h 305 km/h 506 km/h 515 km/h.
Em um lugar de longitude 138° W são 05:00 UTC, do dia 20/11/96. A HLO, HLE e a data no fuso, respectivamente, são: 19:48 -20:00-19/11/96 19:48 -20:00-20/11/96 20:00 -19:48-19/11/96 20:00 -19:48-20/11/96.
A perda de energia eletromagnética de um rádio- transmissor, absorvida por objetos próximos ao mesmo, tais como árvores e edifícios, chama-se: absorção refração reflexão difração.
Em relação a projeção Lambert, a Mercator possui a seguinte vantagem: fácil construção escala de distância constante perfeição das áreas projetadas o círculo máximo é representado por uma linha reta.
Quando a altitude indicada é corrigida para os êrros de instrumento e de instalação do mesmo, denomina- se altitude: absoluta calibrada densidade verdadeira.
Uma ACFT voará com o ajuste QNE a 10500 FT e sobrevoará um lugar onde o QNH naquele momento será de 1015 hPa. Neste caso a altitude pressão será de: 9600 FT 11100 FT 10500 FT 11150 FT.
A latitude que fica igualmente distante entre duas latitudes consideradas, denomina-se: latitude média longitude média diferença de latitude diferença de longitude.
Uma ACFT mantém PM 030 e VA 200 KT em um lugar onde a DMG é de 10° W. Em um determinado momento encontra um vento de 100°/20 KT. O RV e a VS encontradas serão: 014° - 197 KT 014° - 204 KT 024° - 197 KT 024° - 204 KT.
Em relação a hora legal, para locais que estejam do lado Oeste, a hora UTC será: mais cedo mais tarde no Brasil, mais cedo na França, mais tarde.
O antimeridiano de um observador, cujo meridiano é de 060° W, terá, em relação a Greenwich, uma separação angular de: 30° 90° 120° 180°.
A latitude média, entre as latitudes 34° 20' S e 35° 40' N, será de: 00° 40' N 01° 20' S 17° 10' N 35° 00' S.
Dados PV 200°, VA 150 KT, DV/VV 120°/25 KT, o ângulo de correção de deriva será: 9° negativos 9° positivos 24° negativos 24° positivos.
Dados TAS 300 KT e temperatura de 14° C negativos, o número Mach será de: .39 .42 .45 .48.
Os dois tipos de pressão captados pelo tubo de pitot denominam-se: dinâmica e impacto impacto e estática dinâmica e alta pressão estática e baixa pressão.
Voando para o Sul, entre as linhas isogônicas 4° E e 2° W, a DMG média será de: I° E 2° W 3° E 6° W.
Uma ACFT, voando em uma certa direção, receberá um vento do seu través direito e pela cauda. Para que tal ACFT se mantenha no rumo, a correção para o vento será: desconsiderada contra o vento a favor do vento para qualquer lado.
Na conversão das distâncias, 12 KM eqüivalem a: 6,5 ST 7,5 ST 8,5 ST 9,5 ST.
Uma acft pousará às 10:00 h UTC do dia 10/11/96, em um lugar de longitude 078° W. A HLO, HLE e o fuso daquele lugar serão, respectivamente; 05:00h - 04:48h e 5 04:48h - 05:00h e 6 04:48h - 05:00h e 5 05:00h - 04:48h e 6.
Um semicírculo máximo limitado pelos pólos, oposto ao meridiano de um observador é chamado de: antimeridiano colatitude meridiano 180 graus círculo menor.
A velocidade indicada corrigida para os érros do instrumento e instalação chama-se velocidade: indicada calibrada no solo aerodinâmica.
O piloto terá sempre a proa igual a rota voada quando o vento for: de proa nulo de cauda todas as citadas.
Que velocidade deverá ter uma aeronave para realizar um percurso de 425 NM em 02 h e 30 min : 170 km/h 160 KT 315 km/h 320 KT.
Numa projeção gnomônica polar o ponto de origem da projeção é o: pólo Equador centro da Terra infinito.
A distância angular com origem no centro da Terra, cujo ângulo é lido do plano do Equador para o paralelo de um lugar, no sentido dos pólos, denomina-se: latitude longitude círculo menor círculo maior.
Dados: PB 120°, DMG 10° W, desvio de bússola 5o E, VA 150 KT e DV/W 100°/20 KT o RM será de: 115° 122° 127° 131°.
O instrumento que indica ao piloto a razão de subida ou descida chama-se: altímetro RMI climb DME.
O ângulo entre o eixo longitudinal da àeronave e a trajetória percorrida pela aeronave chama-se: deriva correção de deriva ângulo de interceptação de erro do piloto.
Qual a direção e a distância de A para B situados nas coordenadas: A = 20° 40'S - 045° W e B = 22° 50'S 045° W: Norte/120 NM Norte/130 NM Sul/120 NM Sul/130 NM.
Sendo dados: PB 230°, DMG 19° W, desvio bússola 5o E, VA 400 KT e DV/W 270°/30KT, a PB de regresso será de: 043° 050° 058° 065°.
Para se manter sobre a rota o piloto necessitou usar proa maior de que o rumo e uma VA menor do que a VS. O vento é de: direita e proa esquerda e proa direita e cauda esquerda e cauda.
Uma projeção Lamberttem sua superfície gerada num: cone plano cilindro grupo de cones.
Uma aeronave mantém PV 350° e sua linha de rota corta as isogônicas de 12° W a 18° W, qual a PM média que deverá manter: 365° 335° 005° 356°.
Se traçarmos uma reta ligando dois pontos em latitudes diferentes a menor distância seria obtida se utilizássemos uma carta do tipo: Lambert conformal Mercator azimutal Mercator polar.
Ao efetuar uma navegação estimada, o piloto deve conhecer: RV e VS PV e VA DV e VV todas as citadas.
Ângulo formado entre o meridiano verdadeiro e o meridiano magnético é chamado: declinação magnética desvio de bússola variação de bússola correção de deriva.
As distâncias na projeção Mercator devem ser medidas na latitude média da região devido a: distorção das longitudes distorção da declinação magnética distorção da projeção na proporção em que as latitudes aumentam variação dos fusos horários.
A UTC num lugar de longitude 147° 33' W é 0900h do dia 16/04/87. Pede-se: HLO/HLE/DATA e número do fuso desse lugar, respectivamente: 00h09min48seg/2300h-dial5/F+ll 23h09min48seg/1900h-dia 15/F+10 00h09min48seg/1900h-dia 15/F+ll 23h09min48seg/2300h-día 15/F+10.
10 NM equivalem a: 9,5 ST 10,2 ST 12,9 km 18,5 km.
A rota que corta todos os meridianos em ângulos iguais é chamada: ortodrômica magnética loxodrômica bússola.
Dados A = 22° 00' S - 040° 20'W e B = 38° 43' S 040° 20' W, calcule a latitude média: 08° 21' 30" 16° 21' 30" 24° 21' 30" 30° 21' 30".
É considerada uma desvantagem da projeção Lambert: difícil construção escala de distância constante paralelos e meridianos cortam-se a 90° um círculo máximo é representado por uma linha reta.
A componente cuja força direcional é mínima nos pólos magnéticos chama-se: agônica vertical inclinada horizontal.
Os compensadores magnéticos de uma bússola se destinam a: corrigir a PM amortecer as oscilações do cartão manter lubrificado o pivot de sustentação neutralizar as influências magnéticas próximas a bússola.
A velocidade calibrada corrigida para a altitude e temperatura chama-se: VI VS VA VC.
A correção que se faz na proa de uma aeronave para neutralizar o efeito do vento, com relação a deriva, chama-se: ajuste ângulo de acerto correção de desvio ângulo de correção de deriva.
Uma aeronave que mantém PM 030° e VA 250 KT, num lugar onde a DMG é de 10° W, encontra num determinado momento um vento de 080730 KT, RV e VS serão, respectivamente: 014°/236 KT 024°/262 KT 026°/238 KT 036°/262 KT.
Qual das alternativas abaixo é considerada como um círculo menor: Equador paralelo meridiano antimeridiano.
A força do campo magnético da Terra que faz uma agulha alinhar-se na direção Norte/Sul chama-se: inclinação magnética isoclínica componente vertical componente horizontal.
O arco de Equador compreendido entre o meridiano de Greenwich e um meridiano qualquer é chamado: longitude colatitude latitude diferença de latitude.
Para voar no RV 120° a aeronave mantém PV 125 °. Qual será a PV de regresso, sabendo-se que o vento é o mesmo? 125° 295° 300° 305°.
O ângulo formado entre o meridiano verdadeiro e o eixo longitudinal da aeronave chama-se: PM PB PV DMG.
Uma aeronave percorre 105 NM em 45 minutos, em uma hora percorrerá: 140 km 135 NM 260 km 150 NM.
A rota ortodrômica, também conhecida como rota de círculo máximo, corta os meridianos em ângulos: iguais agudos diferentes retos.
A abreviatura ESE refere-se ao ponto sub-colateral denominado: Estesudoeste Estenoroeste Estenordeste Estesudeste.
Considerando-se PV 020°, RM 050°, DMG 22° W, distância 45 NM, TEV 16 min e VA 150 KT, o vento será de: 144°/25 KT 160°/27 KT 253°/29 KT 343°/30 KT.
O ajuste altimétrico utilizado normalmente nas operações de pouso e decolagem de uma aeronave é o: QNH QNE QFE QFF.
O Sol percorrerá em seu movimento aparente um arco de longitude correspondente a 046° 30', no tempo de: 03h03min 03h04min 03h05min 03h06min.
Círculo máximo é um círculo: paralelo ao Equador cujo plano não passa pelo centro da Terra que não divide a Terra em duas partes iguais cujo centro e raio são os mesmos da própria esfera.
A direção e a distância de uma aeronave voando de um ponto A = 23° 40' S - 044° 10' W, para um ponto B = 22° 20' S - 044° 10' W é de: 180°/40 NM 180°/80 NM 360°/40 NM 360°/80 NM.
O semicírculo máximo cujo plano coincide com o eixo da Terra é o: Equador paralelo meridiano colatitude.
A projeção em que os paralelos e meridianos cortam- se a 90° é a: gnomônica Mercator policônica estereográfica.
O ângulo formado entre o meridiano magnético e a linha Norte/Sul da bússola chama-se: PB PM desvio de bússola declinação magnética.
Dados PV 100°, DV/W 080720 KT, VA 120 KT o RV será de: 091° 094° 097° 103°.
Uma aeronave encontra-se pousada em um aeroporto situado a 2500 FT de altitude e tem seu altímetro ajustado QFE. A altitude indicada no instrumento será: zero 2500 FT acima do MSL 2500 FT acima do nível de pressão padrão 2500 FT acima do nível de pressão da estação.
O ângulo de correção de deriva é o ângulo formado entre a proa da aeronave e o(a): Norte verdadeiro Norte magnético rumo a seguir linha Norte/Sul da bússola.
A rota ortodrômica, numa projeção Mercator, é representada por uma linha: curva reta cônica loxodrômica.
A diferença de horas(HLE) existente entre uma cidade de longitude 107° W e outra de longitude 048° E, é de: 24 10 7 3.
A VA de uma aeronave aumenta aproximadamente de 2 por cento da VI para cada: 1000 m de altitude 100 m de altitude 100 FT de altitude 1000 FT de altitude.
Uma aeronave no FL 060 e uma VA de 120 KT voa a 10° C. 15 min depois a temperatura observada no mesmo FL é de 15° C. Ela agora está com: a mesma VA inicial uma VA menor uma VA maior altitude de vôo menor.
O arco de meridiano compreendido entre um paralelo de latitude e o pólo chama-se: latitude média diferença de longitude latitude colatitude.
Dados PV 200°, VA 140 KT, DV/VV 150°/20 KT. Qual o RV e a VS, respectivamente? 207°/128 KT 194°/153 KT 168°/140 KT 185°/140 KT.
Uma aeronave no FL 150 tem para temperatura verdadeira do ar -30° C. O ponto mais alto na rota tem 14800 FT. Se a aeronave mantiver o FL, sobrevoará acima do pico: em 200 FT em 300 FT em 400 FT não, ela colidirá.
O círculo máximo que divide a Terra em dois hemisférios, Norte e Sul, cujo plano passa pelo centro da Terra e é perpendicular ao seu eixo chama-se: círculo menor paralelo meridiano Equador.
Uma aeronave no FL 090 com temperatura do ar de 10° positivos e uma VI de 140 KT terá uma VA de: 164 km/h 292 km/h 294 km/h 304 km/h.
A que distância em NM do Equador está uma cidade localizada nas coordenadas 20° 05' S - 040° 00' W? 12150 1205 1125 2400.
Em que se baseia a projeção Mercator? cone vários cones cilindro infinito.
Qual seria a PV de uma aeronave que mantinha a PB 120°, desvio de bússola 2° E e com DMG 15° W? 137° 133° 122° 107°.
Considerando a latitude 23° 39' S, a colatitude será: 156° 21' S 66° 39' S 66° 21'S 55° 49' N.
Ao nível do mar a temperatura é 17° positivos. No nível FL110 será: 5° negativos 7° negativos 22° positivos 39° negativos.
Uma aeronave mantém uma VI de 150 KT durante uma subida de um AD a 3500 pés até o FL085. A VA média aproximada será de: 150 KT 163 KT 168 KT 202 KT.
3- Em um lugar de longitude 155° E são 0800 UTC. A HLE e a HLO serão, respectivamente: 0140 e 0200 0200 e 0140 1800 e 1820 1820 e 1800.
Numa carta de escala 1 por 3.500.000, 3 cm representam: 10500 km 1050 km 105 NM 56.5 NM.
A UTC num lugar de longitude 147° W é 0900h do dia 24/09/89. Pede-se HLO/HLE/DATA e número do fuso do lugar, respectivamente: 1900h/2300h-dia 23/F9 1848h/2312h-dia 23/F10 2312h/23Q0h-dia 24/F9 2312h/2300h-dia 23/F10.
Na conversão de distâncias, 05°25'30" de latitude corresponde a: 325,3 NM 325,5 NM 525,3 NM 525,5 NM.
A PB é 150°, a DMG é 16° W, o desvio é 1° E, a correção de deriva é 5° positivos. O RV será: 130° 140° 160° 170°.
200 metros equivalem a: 65 FT 600 FT 655 FT 700 FT.
Uma aeronave percorre um trecho em 02hl0min consumindo 510 galões de combustível. O consumo de combustível por hora é de: 153 159 215 235.
O movimento aparente do Sol em torno da superfície terrestre é no sentido: Norte - Sul Sul - Norte Oeste - Leste Leste - Oeste.
Proa bússola é o ângulo formado entre o eixo longitudinal da aeronave e o(a): meridiano magnético meridiano verdadeiro linha Norte/Sul da bússola estação.
Quantas NM possui um fuso horário, no Equador? 15 NM 600 NM 900 NM 1200 NM.
A latitude média entre os pontos A = 27° 47' S - 035° 15' W e B = 54° 35' N - 040° 20' W, será de: 26° 48' N 40° 41' N 26° 48' S 13° 24' N.
Numa projeção Lambert um círculo máximo é representado por uma linha: reta curva ondulada conformal.
A latitude média é o paralelo equidistante (distância angular) dos: pólos trópicos paralelos de dois pontos meridianos de dois pontos.
Dados PV 240°, TAS 100 KT e DV/VV 080°/20 KT, o RV e VS serão, respectivamente: 237°/82 KT 243°/118 KT 237°/118 KT 243°/82 KT.
O climb é um instrumento que funciona ligado a(s) linha(s) de pressão: estática impacto estática e impacto impacto e dinâmica.
Um acft para manter-se sobre a linha de rota desejada, com um vento do setor de proa e pela direita deverá ter: ACD positivo ACD nulo ACD negativo Deriva nulo.
As projeções em que o ponto de origem se encontra no infinito são chamadas: azimutais estereográficas gnomônicas ortográficas.
Calcule entre os pontos A e B a longitude média. Coordenadas: A = 20° 43' S - 045° 15' W e B= 16°27' N - 025° 10' E : 020° 05' W 010° 02' 30" W 015° 17' 26" W 035° 12' 30" W.
Em quanto tempo o Sol percorrerá, em seu movimento aparente, um arco de longitude correspondente a 78°30': 05h11min 05h12min 05h13min 05h14min.
Para formar um círculo máximo na superfície terrestre é necessário que o plano: passe pelos pólos cruze a linha do Equador passe pelo centro da Terra divida a Terra em duas partes desiguais.
A altitude pressão corrigida para erros de temperatura é a altitude: calibrada densidade padrao msl calibrada.
Na carta Mercator as latitudes são: crescentes do Equador para os pólos iguais do Equador aos pólos crescentes só até a latitude 60° N crescentes só até a latitude 60° S.
Dizemos que o vento sempre sopra da proa para o rumo e com isso determina um ângulo chamado: deriva desvio correção declinação.
Voando entre as DMG 5° E e 9° W, para manter uma PM média, qual a DMG a ser usada? 2° W 5° W 7° W 9° W.
Com vento exatamente de proa, teríamos a seguinte condição: RV igual a PV e VS menor do que a VA RV igual a PV e VS igual a VA RV igual a PV e VS maior do que a VA RV menor do que a PV e VS igual a VA.
A maneira pela qual se representa num plano a superfície da Terra ou parte dela, aparecendo com perfeição os seus meridianos e paralelos, denomina-se: carta escala mapa projeção.
Conhecendo o RV, para se obter um RM, a DMG será: subtraída se for W somada se for W subtraída se for S somada se for E.
Um piloto que esteja na latitude 32° 40' S, deseja saber qual a sua colatitude. Está será de: 90° 00' 75° 40' 70° 20' 57° 20'.
Durante uma subida com VI constante, observa-se que a VA: não se altera diminui aumenta aumenta ou diminui.
Dados PV 245°, VA 120 KT, DV/W 075°/20KT, RV e VS serão, respectivamente: 067°/130 KT 246°/140 KT 200°/180 KT 025°/200 KT.
A projeção que apresenta os meridianos como linhas retas, paralelas e equidistantes e os paraleios como linhas retas, paralelas e não equidistantes, é chamada de: Mercator Lambert azimutal gnomônica polar.
Os fatores capazes de modificar o valor da VA são: vento de proa mudança de nível, temperatura e VI mudança de nível, vento vento de cauda.
Ao efetuar uma subida numa atmosfera padrão, o piloto observa que a temperatura decresce em 2° C para cada: 1000 pés 500 pés 1000 metros 500 metros.
Proa magnética é o ângulo formado entre o meridiano: magnético e o eixo longitudinal da aeronave verdadeiro e o eixo longitudinal da aeronave magnético e a linha de rota verdadeiro e magnético.
sendo dados: proa magnética 060°, desvio de bússola 5° W, declinação magnética 20° W, pede-se a proa verdadeira e a proa bússola: PV 040°, PB 055° PV 040°, PB 065° PV 080°, PB 065° PV 080°, PB 055°.
Numa aeronave o piloto mantém sua proa bússola igual a 090°, O desvio de bússola é de 5° E, Pede-se a proa magnética: 095° 090° 085° 080°.
Para se manter em sua rota, o piloto necessitou usar proa maior do que a rota e uma VA maior do que a VS. Pergunta-se: o vento vem de: direita e proa direita e cauda esquerda e proa esquerda e cauda.
Uma aeronave percorre 105 NM em 45 min. Em uma hora percorrerá: 258 NM 140 NM 140 KM 147 NM.
Se uma aeronave localizada na latitude 05°25'S percorrer no sentido Norte, na mesma longitude, uma distância de 1320 NM, a latitude do destino será de: 16°35'N 17°00'N 22°00'N 27°35'N.
Se a temperatura de um aeródromo, cuja elevação é de 2500 FT, estiver com 0° C, pode-se afirmar que a condição é: ISA -15° ISA -10° ISA -5° ISA.
Na teoria dos fusos horários o meridiano de 180° é conhecido como: antimeridiano colatitude referência inicial para contagem das longitudes linha internacional de mudança de data.
Uma aeronave percorreu 150 NM em 34 min e manteve PB 070° e VA 280 KT. O RM era de 060°, DMG 24° E e desvio de bússola 05° W. Qual o vento encontrado: 160°/40 KT 150°/35 KT 140°/30 KT 130°/20 KT.
Dados PM 100°, RM 090° e Db 5° E, neste caso a deriva é: -5° -10° +5° +10°.
O altímetro é ligado a(s) linha(s) de pressão: de impacto estática estática e impacto de impacto e dinâmica.
A linha irregular equidistante dos pólos magnéticos na qual a componente vertical da bússola magnética é mínima e a horizontal é máxima, é chamada: componente horizontal componente vertical Equador magnético linha de inclinação.
Sendo dados PM 050° e DR -6o. Qual o RM? 040° 044° 050° 056°.
Uma aeronave em vôo mantém PV maior que RV e observa VS menor que VA. Com relação ao vento pode- se afirmar que sopra da: direita e proa esquerda e cauda esquerda e proa direita e cauda.
A estação que emite ondas de rádio em todas as direções (radias) é chamada de: ADF VOR DME NDB.
Durante um vôo em rota, estando o transponder acionado para que o órgão de controle receba referências de altitude, o piioto deverá tê-lo acionado no modo: 3/A A/C 1/A 3/C.
O número de ciclos por segundo é chamado de: absorção difração refração frequência.
O método de conduzir uma aeronave sobre a superfície da Terra, procurando elementos de destaque para orientar sua rota, chama-se navegação: rádio por estima eletrônica por contato.
O arco de meridiano compreendido entre o Equador e o paralelo de um lugar chama-se: latitude longitude diferença de latitude diferença de longitude.
A D LO entre os pontos A = 22° 00' S - 044° 50' W e B = 42° 20' S - 034° 30' W será de: 05° 10' 10° 20' 39° 40' 78° 20'.
Em uma projeção estereográfica, as linhas de projeção tem origem no: infinito centro da Terra ponto de tangência ponto oposto ao ponto de tangência.
A projeção que tem como característica a perfeição nas áreas projetadas, chama-se: Lambert Mercator ortodrômica loxodrômica.
Uma aeronave mantém PB 030° e sua linha de rota corta as isogônicas de 5° W a 3° E. A DMG média que deverá ser aplicada, será de: I° W 2° W 4° E 8° E.
Sobre o Equador um arco de 2o 15' equivale a uma distância de: 135 NM 135 km 165 NM 165 km.
A abreviatura SW pertence ao grupo de pontos: cardeais sub-cardeais sub-colaterais colaterais.
Na longitude de 120° W são 18:00 horas UTC. No mesmo instante, a hora UTC na longitude de 135° E, é de: 06:00 h 09:00 h 18:00 h 22:00 h.
Calcular entre os pontos "A" e "B" a latitude média: A = 20° 30' N e B = 20° 33' S 00° 01' 30" S 00° 01' 30" N 01° 30' 30" S 01° 30' 30" N.
Em latitudes elevadas, as linhas traçadas nas cartas, unindo os pontos de mesma inclinação magnética, chamam-se: desvios agônicas isogônicas isoclínicas.
Fazendo-se a conversão de 50 litros em US galões tem-se: 1.32 13.2 132 1320.
Subtraindo-se a elevação do terreno da altitude verdadeira, tem-se a altitude: absoluta calibrada indicada densidade.
Latitudes crescentes de baixo para cima e longitudes crescentes da direita para a esquerda, a carta representa os hemisférios: N e E N e W S e E S e W.
Quando a origem de uma projeção é um dos pólos e a superfície tangente está no polo oposto, ela é classificada como: gnomônica estereográfica ortográfica infinita.
Quando uma ACFT voa de uma região de alta pressão para uma de baixa pressão, a altitude verdadeira: diminui aumenta não se altera é igual a absoluta.
Numa longitude de 150° W são 0800 UTC do dia 01 de dezembro. A hora local será: 1800 h do dia 30/11 1800 h do dia 01/12 2200 h do dia 30/11 2200 h do dia 01/12.
O método de navegação no qual a posição de uma ACFT é obtida por ondas de rádio é chamada de navegação: estimada celestial eletrônica radiogoniométrica.
A representação gráfica da superfície da Terra desenvolvida num plano, sem grandes detalhes de projeção, chama-se: mapa visão projeção carta de navegação.
A VA sofrendo a influência de um componente de vento positivo ou negativo passará a ser: VS VC VI VE.
Na teoria dos fusos horários, a linha internacional de mudança de data, é o(a): colatitude antimeridiano meridiano de 180° referência inicial para contagem das longitudes.
A longitude de um ponto é medida sobre um arco de: paralelo meridiano círculo máximo milhas náuticas.
O velocímetro é ligado a linha de pressão: estática e impacto impacto e dinâmica dinâmica estática.
Uma aeronave no FL100, mantém VI de 120 KT. Neste caso, a VA aproximada é de: 120 KT 130 KT 135 KT 144 KT.
Dados: RV 100°; ACD +5°; DMG 10° W; distância 25 NM; tempo de vôo 10 min e VA 140 KT. O vento será de: 206°/02 KT 212°/06 KT 220°/10 KT 231°/16 KT.
Report abuse Terms of use
HOME
CREATE TEST
COMMENTS
STADISTICS
RECORDS
Author's Tests