option

Conhecimentos Específicos pedagógicos

INFO STADISTICS RECORDS
TAKE THE TEST
Title of test:
Conhecimentos Específicos pedagógicos

Description:
Educação básica

Author:
AVATAR

Creation Date:
17/10/2012

Category:
Competitive Exam
Share the Test:
Facebook
Twitter
Whatsapp
TAKE THE TEST
Last comments
No comments about this test.
Content:
(TJ-MA, FESAG - Pedagogo - 2005) A educação contemporânea vive um desafio global. Para viver essetempo presente o pedagogo precisa engajar as crianças, jovens e adultos para viver no mundo da diferença e da solidariedade entre diferentes. Aeducação tem que ser local como ponto de partida, mas tem que que ser internacional e intercultural como ponto de chegada. Com esta compreensão é correto afirmar que: A educação precisa preparar o cidadão para participar de uma sociedade pragmática. A educação precisa preparar o cidadão para participar de uma sociedade planetária. A educação precisa preparar o cidadão para participar de uma sociedade escolástica. A educação precisa preparar o cidadão para participar de uma sociedade linear.
Na classe de alfabetização, leitura do texto independe da aquisição escrita, assim se conclui que a leitura de textos pelo aluno deve dar-se: a qualquer tempo. com aquisição da escrita. sistematicamente. por meio de padrões complexos . de forma não expontânea.
A forma como o aluno aprende nem sempre é a forma que o professor ensina, daí surge a importância do: Método. Livro. Sistema autoritário por parte do professor. Foco em conteúdos mais abrangentes Plano de aula.
São metodologias na alfabetização, EXCETO: Métodos predominantemente sintéticos ou predominantemente analíticos (globais) Método Alfabético Método fônico ou fonético Metodo de linguagem total Metodo passivo.
Julgue as afirmações abaixo e marque C para Certo e E para errado. I. Para que os alunos leiam e escrevam com autonomia é necessário que reconhecam diferentes suportes materiais onde a escrita pode aparecer, como: jornais, revistas, livros, cartazes etc. II. Segundo Vygotsky, Luria e Baktin, a alfabetização é um processo de atividades reais e significativas, porque, a partir dessa concepção, é o aprendizado que provoca o desenvolvimento, por meio de um processo que não se desenvolve, plenamente, sem a ajuda de outra pessoa mais experiente. III. O educador deve ignorar que o aluno chega à escola já sabendo falar a língua materna, bem como seus demais conhecimentos, para poder aplicar sua metodologia de ensino com mais eficiência. C, C, E C, C, C C, E, E E, C, C E, C, E.
Na classe de alfabetização, a leitura de textos pelo aluno deve: aguardar a chegada à etapa de escrita alfabética, quando se inicia a leitura de frases. aguardar a chegada à etapa de escrita pré-silábica, quando se inicia a leitura de frases. dar-se a qualquer tempo, pois a leitura do texto independe da aquisição escrita. aguardar o pleno domínio do código escrito, após o qual o aluno já é capaz de ler textos.
A adoção de métodos de alfabetização no processo de construção da escrita pode se tornar um fator que provoca custo de aprendizagem quando. planejada com base em pressupostos teóricos não coerentes com o perfil procedimental da metodologia orientadora. conjugada a fatores socioculturais adversos tais como os que atingem os sujeitos sociais em situação de risco no Brasil. empregado dissociadamente de estratégias discursivas que assegurem o uso da escrita como instrumento de comunicação. motivada por avaliações equivocadas quanto às dificuldades de aprendizagem apresentadas por alunos fora de faixa.
Segundo as relações entre o desenvolvimento científico e a formação da cultura científica na Idade Moderna, a educação matemática, nos anos iniciais do ensino fundamental, concorre para a integração social do aluno. Assinale a opção que apresenta um comentário concernente a este aspecto de educação matemática. A solução de exercícios matemáticos contribui para a organização das faculdades lógicas e intelectuais. A capacidade de ler o mundo numa perspectiva abstrata e formal é uma propriedade do sujeito cartesiano. O domínio das quatro operações facilita a solução de problemas que afetam o cotidiano da sociedade. O conhecimento acumulado pela matemática pertence às tradições culturais a serem preservadas na sociedade.
Por um longo período no século XX, as primeiras semanas de trabalho nas classes de alfabetização destinaram-se ao desenvolvimento psicomotor da criança para o exercício da escrita, no âmbito daquilo que se denominou “período preparatório”. Entretanto, a preparação para a escrita daquela forma provou-se equivocada, à medida que o desenvolvimento psicomotor é: anterior ao ingresso da criança nos anos iniciais, devendo ser promovido na educação infantil. um processo autônomo do organismo humano, que se dá independentemente da experiência. um processo característico da adolescência, devendo ser explorado no segundo segmento do ensino fundamental. um processo contínuo, que deve ser estimulado ao longo dos anos iniciais do ensino fundamental.
De acordo com a professora Magda Soares (1998), “...um adulto pode ser analfabeto, porque marginalizado social e economicamente, mas, se vive em um meio em que a leitura e a escrita têm presença forte, se se interessa em ouvir a leitura de jornais feita por um alfabetizado, se recebe cartas que outros lêem para ele, se dita cartas para que um alfabetizado as escreva, ..., se pede a alguém que lhe leia avisos ou indicações afixados em algum lugar, esse analfabeto é, de certa forma, ____________, porque faz uso da escrita, envolve-se em práticas sociais de leitura e de escrita.” A expressão que completa corretamente a lacuna o espaço de traço continuo é: teórico letrado inteligente curioso capaz.
Tfouni, (TFOUNI, LEDA VERDIANI. LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO São Paulo: Cortez, 2000. 104 p. (Questões da nossa época ; v. 47).BBE. ) ao estabelecer diferenças entre alfabetização e letramento, define que alfabetização refere-se à aquisição da escrita enquanto aprendizagem de habilidades para leitura, escrita e as chamadas práticas de linguagem, pertencendo, portanto, ao âmbito do individual. O letramento, por sua vez, focaliza: os aspectos sócio-históricos da aquisição da escrita. os aspectos individuais da aquisição da escrita. os aspectos informais da aquisição da escrita. a leitura como forma de representação. a escrita ortográfica.
No processo de Alfabetização de Jovens e Adultos, o professor deve: Reconhecer seus alunos como pessoas que trazem crenças, conhecimentos e valores já constituídos. Praticar a mesma técnica e utilizar os mesmos materiais pedagógicos da Educação Infantil. Tratar seus alunos como uma criança grande, pois são dependentes e irresponsáveis. Utilizar somente o livro didático, já que o mesmo traz leituras pertinentes a faixa etária trabalhada.
A forma como a criança aprende nem sempre é a forma como o professor ensina, daí surge a importância do(a): Método Didática Plano de aula Conheciemnto de mundo.
São metodologias usadas na alfabetização, EXCETO: Métodos predominantemente sintéticos ou predominantemente analíticos (globais) Método alfabético Método fônico ou fonetico Método da linguagem total Método reflexivo.
O objetivo do ensino é o desenvolvimento das capacidades intelectuais e da subjetividade dos alunos através da assimilação consciente e ativa dos conteúdos, essa é uma perspectiva: Sócio-construtivista Mecanicista Progressista Tradicional Conservadora.
COMENIUS, o Pai da Didática, no mundo, foi partidário da espontaneidade e da atividade do sujeito como um processo “natural”. Daí a sua proposta de distinguir quatro tipos de formação. Nessas diferentes escolas dever-se-iam trabalhar os mesmos conteúdos, reelaborados em um movimento de reestruturação sucessiva dos conhecimentos. Do rol abaixo não faz parte dessas formações alencadas por COMENIUS: pequena infância infância adolescência juventude infantojuvenil.
12. Sobre a linguagem escrita, considere as afirmativas a seguir: I. Vivendo numa sociedade letrada, mesmo os jovens e adultos que nunca passaram pela escola têm conhecimentos sobre a escrita. II. A escrita é uma mera transcrição da fala. III. Para dominar o mecanismo de funcionamento da escrita, é necessário conhecer as letras, pois são os signos que nosso sistema de representação utiliza. IV. A escrita deve ser usada de forma tão flexível quanto à fala sem seguir normas rígidas de organização. Assinale a alternativa correta: somente a I e IV somente a I e II somente a I e III somente a II, III e IV.
Nos últimos anos, um conceito que vem ganhando espaço e nova dimensão no mundo da escrita é o letramento. Entende-se por letramento: A prática social de leitura e escrita. O conhecimento do sistema de escrita alfabético-ortográfico. O método fônico. A alfabetização.
Sobre a alfabetização: 1. Para se elaborar uma proposta curricular referente à modalidade de ensino de Alfabetização de Jovens e Adultos, deve ser levado em conta sempre que ela deverá servir de subsídio para educadores desenvolverem planos de ensino adequados aos seus contextos. 2. Segundo Paulo Freire, a leitura do mundo precede a leitura da palavra. 3. O Mobral constituiu-se como organização autônoma em relação ao Ministério da Educação, contando com um volume significativo de recursos. 4. É importante levar em conta alguns objetivos fundamentais da inserção de jovens e adultos em programas de alfabetização, um desses objetivos é o pleno domínio de conteúdos curriculares. C, C, C, E C, C, C, C C, C, E, C E, C, E, C.
É considerada alfabetizada funcional a pessoa: Capaz de decifrar os códigos da escrita e transferí-lo para o caderno. Capaz de utilizar a leitura e a escrita para fazer frente às demandas de seu contexto social e usar essas habilidades para continuar aprendendo e se desenvolvendo ao longo da vida. Que conhece o uso e funções da escrita, porém não sabe utilizá-la no seu cotidiano. Que domina a leitura e a escrita de forma bastante precária.
Considerando as diferenças entre ler e escrever, marque a alternativa abaixo que NÃO está correta: Ler e escrever sob a perspectiva de dimensão individual é um conjunto de habilidades, conhecimentos lingüísticos e psicológicos. Ler e escrever são categorias polares. Ler é um processo de relacionamento entre símbolos escritos e unidades sonoras. As habilidades e conhecimentos da escrita estendem-se desde a habilidade de simplesmente transcrever sons, até a capacidade de comunicar adequadamente com um leitor em potencial. Cada uma destas atividades engloba um conjunto de habilidades e conhecimentos diferentes.
O trabalho com a leitura deve ser diário e há inúmeras possibilidades para que ela possa ser realizada: I. De forma silenciosa e individual. II. Em voz alta (individual ou em grupo). III. Propondo atividades de leitura explicitando e preparando os objetivos. IV. Refletindo sobre as diferentes modalidades e os procedimentos que elas requerem do leitor. C, C, C, C C, C, C, E E, C, C, E C, C, E, E.
"É a atividade conjunto do professor e dos alunos na qual transcorre o processo de TRANSMISSÃO e ASSIMILAÇÃO ativa do conhecimento, habilidades e hábitos." Essa é a definção de: Ensino Instrução Plano de aula Democratização.
A leitura e a escrita são conhecimentos que vão sendo construidos ao longo da escolarização, desde a Educação Infantil. Para essas construções, há a necessidade do desenvolvimento de uma função que é um eixo central na escolarização de crianças de seis anos, qual seja a: de memorização simbólica Comunicativa de expressão oral afetiva.
Uma Escola Pública X, localizada em um bairro próximo à região central de uma grande cidade, vem enfrentando alguns problemas tais como: "cola", furtos, discriminações sexuais e étnicas entre alunos e professores e outras formas de violência. Visando a restringir, de forma duradoura e efetiva, tais problemas, faz-se necessário: o treinamento dos profissionais do setor de disciplina escolar para que possam coibir os comportamentos que não se enquadrem nos padrões. a imposição, por parte da direção da escola, de rígidas normas disciplinares visando a acabar com os comportamentos inadequados. o estabelecimento de normas de conduta para nortear os comportamentos, a partir de um movimento que envolva toda a comunidade escolar. a transposição de padrões comportamentais definidos por outros segmentos sociais competentes.
Assinale Verdadeiro ou falso. ( ) Uma proposta de auto-avaliação, num projeto educativo, tem como pressuposto a crença na capacidade do grupo de resolver seus próprios problemas. ( ) É preciso que os professores se conscientizem de que os alunos das escolas públicas, em sua maior parte expostos a processos de exclusão social, são capazes de aprender: não possuem deficiências lingüísticas ou culturais. ( ) Por determinação federal, o Ensino Fundamental passa de 8 para 9 anos de duração. ( ) A avaliação na escola é uma mera formalidade burocrática. ( ) O Planejamento (processo coletivo de discussão do trabalho pedagógico) e o Plano (registro objetivo do que será desenvolvido) são algumas das condições necessárias da prática docente. ( ) A avaliação visa não apenas rotular os alunos (fortes, médios ou fracos), mas fundamentalmente poder intervir no processo, ou seja, reencaminhar o ensino para que o aluno aprenda. Assinale a alternativa que apresenta a seqüência correta, de cima para baixo V, V, V, F, V, V F, F, V, F, V, V V, F, V, F, V, V V, V, V, F, F, V V, F, F, F, V, V.
O diagnóstico no sentido mais preciso de localização das necessidades da instituição, a partir da análise da realidade e/ou do confronto com um parâmetro aceito como válido, corresponde às seguintes tarefas, EXCETO: O conhecimento da realidade pela pesquisa e análise dos dados relacionados aos problemas, desafios, pontos de apoio para o processo de mudança. O julgamento que é o confronto entre o ideal e o real, entre o que desejamos ser e o que estamos sendo. Localização das necessidades (aquilo que falta em cada aspecto relevante analisado) para que a escola possa ter o que deseja. Percepção dos problemas mais próximos alienando a visão de totalidade.
De acordo com Cipriano Luckesi, a avaliação do aproveitamento escolar tem como finalidade: classificar os educandos como meio de preparação para o futuro. qualificar a aprendizagem do educando; identificar os erros para que o educando tenha consciência das suas dificuldades; mostrar ao educando as dificuldades que terá que enfrentar durante o seu processo educacional e, então, optar entre continuar ou não a sua formação; possibilitar ao educando escolher entre uma carreira que exige conhecimentos teóricos ou uma que requeira domínio da prática.
Segundo Vygotsky, "a distância entre o nível de desenvolvimento real, que se costuma determinar através da solução independente de problemas, e o nível de desenvolvimento potencial, determinado através da solução de problemas sob a orientação de um adulto ou em colaboração com companheiros mais capazes." é a definição de: Zona de desenvolvimento proximal Capacidade cognitiva Múltiplas inteligências Autodidata.
"Conhecimentos e informações que os alunos possuem sobre o próprio conteúdo, como também os conhecimentos que de maneira, direta ou indireta, estão relacionados ou podem relacionar-se a ele". Essa seria uma correta definição de: Conhecimentos prévios Hipóteses Conhecimentos intuitivos Conhecimento de mundo.
Marque Verdadeiro ou Falso: 1- Cuidar de uma criança em um contexto educativo demanda a integração de vários campos de conhecimentos e a cooperação de profissionais de diferentes áreas. 2- O Auxiliar de Professor deve reconhecer que o desenvolvimento integral de uma criança envolve diversos fatores, tais como: os aspectos biológicos do corpo e a qualidade da alimentação. 3- Para que as aprendizagens aconteçam com sucesso na educação infantil é preciso organização do trabalho educativo, respeitando a individualidade e a diversidade. V, V, V, F, F, F F, V, V V, F, V.
O trabalho direto com crianças de 4 a 6 anos exige que o Auxiliar de Professor tenha uma competência polivalente. Marque abaixo V para afirmativas verdadeiras e F para afirmativas falsas que demonstre instrumentos essenciais para a efetivação desta competência: ( ) Observação. ( ) Planejamento. ( ) Avaliação. ( ) Condicionamento. A sequência está correta em: V, V, V, V V, V, V, F F, F, V, V V, V, F, F V, F, V, F.
Uma nova pedagogia de Educação Infantil voltada para crianças de 0-6 anos, segundo a legislação educacional brasileira, pós-1988, caracteriza-se por ser: escolarizante (centrada na professora, alfabetizante, seriada, com matérias/disciplinas, etc). assistencialista; a criança nessa faixa etária necessita de cuidados. higienista e maternal. adultocêntrica. o cuidar e o educar.
Luiza leciona para o pré (crianças de 6 anos) em uma escola de educação infantil. Pediu para seus alunos escolherem um livro de histórias. Contou-lhes e depois pediu para que a dramatizassem, dividindo papéis para cada aluno. Após a dramatização, Luiza escreveu na lousa todas as palavras já conhecidas por sua classe, narradas na história. Com esta atividade, Luiza trabalhou, respectivamente. a linguagem escrita, a fantasia, a classificação e aseriação. a socialização, a imitação, a coordenação motora fina e a ordenação. a linguagem oral, a criatividade, a socialização e a linguagem escrita. a comparação, a diferenciação, a percepção visual e a seriação. a fantasia, a ordenação, a socialização e as operações formais.
WALLON foi o primeiro a quebrar os paradigmas da sua época ao dizer que a aprendizagem não depende apenas do ensino de conteúdos: para que ela ocorra, são necessários também: afeto e movimento. avaliação e revisões periódicas os conhecimentos extraescolar. restringir as bringadeiras ao horário de recreio.
O teórico Jean Piaget, que se dedicou ao estudo do desenvolvimento cognitivo das crianças, menciona dois conceitos básicos na construção do pensamento infantil, principalmente no que condiz à adaptação da criança a sua realidade, são eles a ______________ que é o processo de incorporação de novas experiências ou informações que chegam à criança; e a _____________ que refere-se ao processo de modificação de suas ideias ou estratégias em função de uma nova experiência. Completa, correta e respectivamente as lacunas: assimilação; acomodação assimilação; alteração acomodação; assimilação acomodação; desenvolvimento.
Em relação a brincadeira como forma de aprendizagem, Vygotsky afirma que uma brincadeira que interessa a uma criança de três anos pode não despertar nenhum interesse a uma criança de seis anos ou mais; isso ocorre porque: a brincadeira não é uma atividade estática, ela evolui e se modifica na medida em que a criança cresce. a brincadeira é uma atividade estática, ela evolui e se modifica na medida em que a criança cresce. a brincadeira não é uma atividade estática, ela evolui e se modifica na medida em que a criança aprende. a brincadeira é uma atividade estática, ela não evolui e mas se modifica na medida em que a criança se desenvolve.
Para Vygotsky, "------------------------- refere-se a tudo aquilo que a criança já tem consolidado em seu desenvolvimento, e que ela é capaz de realizar sozinha sem a interferência de um adulto ou de uma criança mais experiente." O que completa corretamente a lacuna está em: Nível de desenvolvimento real Zona de desenvolvimento proximal Área de desenvolvimento potencial Desenvolvimento intelectual.
Para ELKONIN o jogo de faz de conta ou jogo protagonizado: está vinculado às relações pessoais e não simplesmente à percepção direta dos objetos. está vinculado à percepção direta dos objetos e não simplesmente às relações pessoais. está vinculado somente às relações sociais. está vinculado às relações pessoais e não simplesmente à relações sociais.
A importância de trabalhar os conteúdos de ciências naturais nos anos iniciais do ensino fundamental têm grande contribuição na formação e desenvolvimento dos alunos. Faça a correspondência dos pressupostos metodológicos e assinale a alternativa correta. A. Conteúdos conceituais. B. Conteúdos procedimentais. C. Conteúdos atitudinais. I. Envolvem fatos e princípios. II. Abrangem regras, técnicas, habilidades e modo de agir. III. Envolvem a abordagem de valores, normas e atitudes. A I, B II, C III A III, B II, C I A II, B I, C III A I, B III, C II A III, B I, C II.
São características do letramento, EXCETO: Ensinar o código escrito. Leitura e compreensão de textos. Função social. Respeito às diferenças culturais. Práticas sociais que utilizam a escrita.
Das facetas da aprendizagem da leitura e da escrita. A faceta que supõe ampliação de vocabulário e desenvolvimento de habilidades como interpretação, avaliação, inferência, entre outras. É denominada: Faceta de leitura compreensiva Faceta da identificação Faceta da leitura fluente Faceta fônica Faceta autônoma.
Froebel foi o primeiro educador a utilizar o brinquedo, como atividade, nas escolas; as atividades e os desenhos que envolvem movimento e os ritmos eram muito importantes. Para a criança passar a se conhecer, o primeiro passo seria chamar a atenção para os membros de seu próprio corpo, para depois chegar aos movimentos das partes do corpo. Referente a Froebel, pode-se afirmar, EXCETO: Para conseguir integrar o crescimento de todos os poderes: físico, mental e social, Froebel, variou nas atividades positivistas. A educação baseia-se na evolução natural das atividades da criança. As atividades espontâneas adquirem um desenvolvimento verdadeiro. Na educação infantil o brinquedo é fundamental. O saber não se resume em um fim em si mesmo, mas funciona relacionado com as atividades do organismo.
Para se desenvolver, as crianças precisam aprender com os outros, por meio dos vínculos que estabelece. São recursos que as crianças utilizam para seu desenvolvimento, EXCETO: Imitação Faz-de-conta Raciocínio Oposição Linguagem.
Segundo a Resolução Nº 5, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2009 que fixa as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil em seu 6º artigo; As propostas pedagógicas de Educação Infantil devem respeitar os seguintes princípios: Éticos, Políticos e Estéticos. Lúdicos, Públicos e Éticos. Éticos, Emocional e Psicológico. Psicológico, Políticos e Estéticos. Éticos, Políticos e Psicológicos.
De acordo com a Resolução Nº 5, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2009 que fixa as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil em seu 5º artigo, é INCORRETO afirmar: É dever do Estado garantir a oferta de Educação Infantil pública, gratuita e de qualidade, sem requisito de seleção. É obrigatória a matrícula na Educação Infantil de crianças que completam 4 ou 5 anos até o dia 31 de março do ano em que ocorrer a matrícula. A frequência na Educação Infantil é pré-requisito para a matrícula no Ensino Fundamental. As crianças que completam 6 anos após o dia 31 de março devem ser matriculadas na Educação Infantil. As vagas em creches e pré escolas devem ser oferecidas próximas às residências das crianças.
Quando falamos de infância muitas vezes nos deparamos com concepções que desconsideram que os significados que damos a ela dependem do contexto no qual surgem e se desenvolvem e também das relações sociais nos seus aspectos, econômico, histórico, cultural, político, entre outros aspectos, que colaboram para a constituição de tais significados e concepções que, por sua vez, nos remetem a uma imagem de criança como essência, universal, descontextualizada ou então nos mostram diferentes infâncias coexistindo em um mesmo tempo e lugar. A visão de infância que defende o princípio de que fatores hereditários ou de maturação são mais importantes para o desenvolvimento da criança e para a determinação de suas capacidades é defendida pela perspectiva: Inatista Behaviorista Comportamentalista Piagetiana Construtivista.
A legislação que o rege define-o como o documento que traça o perfil da escola, conferindo-lhe identidade e intenções comuns de todos os envolvidos, norteia o gerenciamento das ações internamente ao estabelecimento e operacionaliza o Projeto Pedagógico. Plano de Gestão da escola Plano de aula PPP - Projeto Político Pedagógico Planejamento escolar.
Marque a alternativa INCORRETA em relação ao Plano de Gestão da escola: O Plano de Gestão envolve todos os aspectos da escola, assim como as ações que realizará e registrará. O Plano de Gestão nada mais é que uma nova versão do Plano de Escola, documento relativamente estático ao seu tempo, hoje, com característica dinâmica na medida em que deverá exercer acompanhamento e controle de todos os fatos escolares, ao longo de quatro anos. O Plano de Gestão da Escola envolve aspectos administrativos. Os pais participarão do Plano de Gestão através do Conselho de Escola; os alunos, com um representante de cada classe; os funcionários, em seu conjunto; Reunido o coletivo, a direção coordenará os trabalhos, arrolando os itens que serão avaliados no novo Plano;.
O ensino de Matemática prestará sua contribuição nos anos iniciais do Ensino Fundamental à medida que forem exploradas metodologias que priorizem a criação de estratégias, a comprovação, a justificativa, a argumentação, o espírito crítico e favoreçam: a ordenação dos conteúdos, encarados como prérequisito para o que vai sucedê-lo, ajudando o aluno a raciocinar objetivamente. uma concepção linear que assegura o elo inicial da cadeia, considerando os fundamentos da geometria como ponto de partida para a aprendizagem significativa. a noção real de conjunto como base para a aprendizagem de números e operações, enquanto caminho mais adequado para o gosto e a segurança da matéria. as formas esquemáticas de solução de problemas, trabalhando com o que se supõe que faz parte do cotidiano do aluno. a criatividade, o trabalho coletivo, a iniciativa pessoal e a autonomia advinda do desenvolvimento da confiança na própria capacidade de conhecer e enfrentar desafios.
Em relação a brincadeira na escola, assinale a afirmativa INCORRETA: Boa parte da comunicação das crianças com o ambiente se dá por meio da brincadeira e é dessa maneira que elas se expressam culturalmente. Wallon foi o primeiro a quebrar os paradigmas de sua época ao dizer que a aprendizagem não depende apenas do ensino de conteúdos: para que ela ocorra, são necessários afeto e movimento também. Através do brincar a criança interage com o meio, conhecendo-o e manifestando sua criatividade, inteligência, habilidade e imaginação. A situação da brincadeira propicia à criança um melhor conhecimento de si própria, e o processo de socialização, devido às situações de vida que são vivenciadas com outras crianças. O lugar ocupado pelo brincar na dinâmica escolar deve ficar restrito ao horário do recreio.
Sobre o desenho infantil está INCORRETO afirmar: Através do desenho a criança revela um grande desenvolvimento intelectual, social, emocional e perceptivo. O desenho feito pela criança reflete sua estruturação mental e o nível de desenvolvimento cognitivo afetivo-emocional. Antes de aprender a escrever a criança se serve do desenho como forma unicamente brincadeira. De 3 a 4 anos os desenhos das crianças conquistam uma forma, existindo a intenção para o desenho. O desenho deve serconsiderado nas atividades curriculares como uma linguagem gráfica que surge tendo por base a linguagem verbal.
Assinale a afirmativa ERRADA no que concerne a alfabetização e a função social da leitura e da escrita. A leitura e a escrita devem ser concebidas dentro da escola, tornando o aluno capaz de participar de sua comunidade de forma efetiva. O contato com o mundo letrado vem muito antes das letras e vai além delas. O letramento na educação infantil se dá basicamente por meio da oralidade e das múltiplas linguagens. Um professor que decide trabalhar a prática de leitura permanente na sala de aula, no sentido de estimular o acesso aos diversos gêneros textuais e melhorar o desempenho acadêmico dos seus alunos, ao selecionar os livros e textos deve considerar o significado dos mesmos para a aprendizagem significativa que pressupõe intervenções pedagógicas que contribuam para o aluno relacionar o que já sabe com o que precisa apreender. Alfabetização é um processo dentro do letramento e, segundo Magda Soares, é a ação de ensinar/aprender a ler e a escrever.
Assinale a alternativa que contém um conceito INCORRETO: Competência comunicativa: é a capacidade de transitar em diferentes domínios sociais, é adquirida na casa, e no convívio geral fora escola. Alfabetização: é um processo dentro do letramento e, segundo Magda Soares, é a ação de ensinar/aprender a ler e a escrever. Letramento autônomo: é aquele que acontece somente dentro da escola, desvinculado do mundo. Competência linguística: todo falante nativo de uma língua possui, é a capacidade de se comunicar adquirida culturalmente.
Lara, de 5 anos de idade, no seu trajeto de casa para a escola, observa diferentes informações escritas, como as placas de trânsito, outdoors, nomes de lojas, cartazes de ofertas, números de casas. Ela deseja entender o que se esconde atrás deste misterioso código. Com este objetivo, a instituição de educação infantil deve assegurar: a infância, não possibilitando um contato da criança com a leitura e a escrita, pois levam à escolarização precoce. apenas às práticas discursivas orais, priorizando sempre a realização das rodas de conversas, de leituras orais e silenciosas. o direito da criança de manter contato com a escrita,mas esse contato não deve ocorrer pela criação de contextos didáticos artificiais. o direito da criança de manter contato com a escrita e esse contato deve ocorrer pela criação de contextos didáticos artificiais.
Ao longo do processo de avaliação três questões se impõem: - Para que se avalia? - O que se avalia? - Quem avalia? Considerando que a avaliação tradicional deve ser substituída por uma dinâmica de avaliação capaz de trazer para a escola elementos de crítica e transformação ativa, é possível considerar que: I. o projeto pedagógico da escola interfere no desempenho dos alunos, uma vez que eles são influenciados pelo próprio contexto escolar. II. nos anos iniciais, a avaliação é prescindível, uma vez que o currículo se organiza em torno dos interesses dos alunos. III. toda a equipe da instituição escolar é objeto e sujeito da avaliação: devem-se analisar os fatores internos da escola, reconhecendo as práticas que levam à evasão dos alunos. IV. a avaliação classificatória tem importância social e política no fazer educativo, porque contribui para a permanência do aluno na escola. Analise os itens acima e assinale a alternativa CORRETA. somente os itens I e III estão corretos. somente os itens I, II e III estão corretos. somente os itens I, II e IV estão corretos. os itens I, II, III e IV estão corretos.
Os documentos publicados pelo Ministério de Educação - MEC, especialmente o que trata dos Indicadores da Qualidade na Educação - edição revista / Ação Educativa, Unicef, PNUD, Inep-MEC (coordenadores). – São Paulo: Ação Educativa, 2005, afirmam que planejamento sem acompanhamento e avaliação constante não adianta para nada. Sugere que para medir se os resultados da aprendizagem escolar estão sendo alcançados devemos usar indicadores que são: dimensões gerais sobre o que é uma escola de qualidade. notas explicativas que indicam o grupo que deve elaborar o PPP escolar. constatações dos processos educativos. dimensões que devem ser apreciadas pela equipe de qualidade, especialmente a de apoio pedagógico. sinalizadores de qualidade de importantes aspectos da realidade escolar.
Formular objetivos é uma tarefa que consiste, basicamente, em descrever os conhecimentos a serem assimilados/apropriados pelos alunos. Assim devem considerar: a redação formal contemplando apenas os conteúdos a serem transmitidos pelos docentes. a forma como será operacionalizado o ensino e a constatação objetiva do que foi alcançado por meio dos conhecimentos prévios dos alunos. o que as secretarias de educação elaboram para serem executados em nível de sala de aula. a consolidação e revisão dos saberes do senso comum, função básica do Ensino Fundamental. as habilidades, hábitos e atitudes a serem desenvolvidos ao término do estudo de certos conteúdos de ensino.
A adaptação pode ser entendida como o esforço que a criança realiza para ficar, e bem, no espaço coletivo, povoado de pessoas grandes e pequenas desconhecidas. Onde as relações, regras e limites são diferentes daqueles do espaço doméstico a que ela está acostumada. Sobre esse assunto é INCORRETO dizer: Há de fato um grande esforço por parte da criança que chega e que está conhecendo o ambiente da instituição. Ao contrário do que o termo sugere não depende exclusivamente da criança adaptar-se ou não à nova situação. Uma melhor adaptação depende, entre outros fatores, também da forma como é acolhida. O importante, e mais relevante é o processo de aprendizagem, dessa forma não deve-se desperdiçar tempo com um processo de acolhimento e adaptação.
Em relação a organização do espaço na escola, masrque a alternativa INCORRETA. Um espaço cercado por mesas e cadeiras enfileiradas revela que o movimento das crianças não é considerado e que as propostas estão na mão do adulto que é o único que precisa ser visto e ouvido. Para organizar um espaço é preciso sempre refletir sobre como pensamos a criança e a sua educação. O espaço deve ser fruto da relação estabelecida com as crianças. Sua decoração, os cartazes expostos devem refletir as indagações, descobertas e percursos daqueles que o utilizam. O espaço precisa ser organizado de modo a contemplar as diferentes dimensões humanas: o lúdico, artístico, afetivo, cognitivo. A organização material e de mobiliário nem sempre provoca interações.
A aprendizagem, de acordo com a concepção pedagógica liberal renovadora não diretiva, consiste em modificar as percepções da realidade. baseia-se na motivação e na estimulação de problemas. baseia-se no desempenho do aluno. prioriza a resolução de situações-problema a partir de temas geradores. ocorre a partir da interação social, da construção de conhecimento em grupo.
Confrontar a experiência do aluno com o saber sistematizado constitui método de ensino-aprendizagem próprio da concepção pedagógica: liberal tecnicista. progressista histórico-crítica. liberal renovadora progressiva. progressista libertadora. progressista libertária.
Quanto as relações entre desenvolvimento e aprendizagem as diferenças entre Piaget e Vygotsky parecem ser muitas, mas eles partilham de pontos de vista semelhantes. Ambos entenderam o conhecimento como adaptação e como construção individual e concordaram que a aprendizagem e o desenvolvimento são auto-regulados. Ainda sobre o desenvolvimento e aprendizagem eles: discordaram quanto ao processo de construção, ambos viram o desenvolvimento e aprendizagem da criança como participativa, não ocorrendo de maneira automática. discordaram quanto ao processo de construção, ambos viram o desenvolvimento e aprendizagem da criança como participativa, ocorrendo de maneira automática. concordaram quanto ao processo de construção, ambos viram o desenvolvimento e aprendizagem da criança como participativa, ocorrendo de maneira automática. Discordaram quanto ao processo de construção, ambos viram o desenvolvimento e aprendizagem da criança ocorrendo de maneira automática e não participativa.
Os professores da Escola Paulo Freire no início de cada ano letivo se reúnem para planejar as atividades da escola e os procedimentos de avaliação que serão adotados e discutidos em sala com os alunos. A proposta é avaliar todas as formas de expressão dos alunos e para isso são adotados instrumentos diversos, como: observação do aluno registros, organização de portfólios. Ao adotar essa prática avaliativa os docentes estão assumindo uma visão de avaliação: Unilateral, centrada no professor. Unidimensional centrada em medidas padronizadas. Instrumental centrada nos instrumentos. Dialógica centrada na interação na negociação entre os envolvidos. Classificatória centrada na mensuração.
Uma prática pedagógica que não considera a diversidade como ponto de partida: Cria oportunidades igualitárias de aprendizagem. Adota um mesmo tempo pedagógico na execução das atividades por toda a turma. Rompe com práticas pedagógicas homogêneas. Encoraja os alunos a participarem de atividades colaborativas. Considera a motivação e interesse de cada estudante.
O sociointeracionista Vygotsky destaca que o desenvolvimento do pensamento é determinado: Pela maturidade biológica do sujeito. Pela linguagem. Por práticas de imitação. Pela afetividade. Por estímulo – resposta.
Na concepção de Emília Ferreiro e Ana Teberosky, quando se fala em “hipótese pré-silábica” não estamos nos referindo a: Concepção construída pela criança para tentar superar a escrita silábica. Concepção infantil construída para compreender a representação realizada pela escrita. Conceito construído pelas crianças para estabelecer a forma de relação entre a escrita e a expressão do som da linguagem falada. Critério construído pela criança para julgar a escrita legível.
Report abuse Terms of use
HOME
CREATE TEST
INFO
STADISTICS
RECORDS
Author's Tests