option
My Daypo

Futsal

COMMENTS STADISTICS RECORDS
TAKE THE TEST
Title of test:
Futsal

Description:
prova quarta

Author:
AVATAR

Creation Date:
26/10/2021

Category:
Competitive Exam

Number of questions: 91
Share the Test:
Facebook
Twitter
Whatsapp
Share the Test:
Facebook
Twitter
Whatsapp
Last comments
No comments about this test.
Content:
É a habilidade com que o indivíduo lida com a bola, em qualquer circunstância; é a facilidade com que um jogador controla uma bola no solo, ou ar.
É o meio de comunicação entre os jogadores de uma equipe, é o que possibilita o jogo em conjunto e a progressão das jogadas.
Quais os tipos de passe: .
Os passes devem ser efetuados com:.
Para os passes curtos usam-se geralmente as partes:.
Para os passes curtos usam-se geralmente as partes: Interna e externa dos pés O dorso dos pés, onde o impacto é mais forte A ponta do pé que toca a parte de baixo da bola.
Para os longos, toca-se na bola com: O dorso dos pés, onde o impacto é mais forte Interna e externa dos pés A ponta do pé que toca a parte de baixo da bola.
E o passe por elevação ou cavado é executado com: A ponta do pé que toca a parte de baixo da bola. O dorso dos pés, onde o impacto é mais forte Interna e externa dos pés.
É um movimento que imprime à bola força e direção, visando, dentro das circunstâncias, a obtenção de um gol ou para afastar o perigo de um ataque adversário.
Quais os tipos de chute: .
É utilizado quando a bola está em movimento para frente, dominada ou parada.
É o mais preciso devido a área de contato com a bola ser bem maior.
É executado quando a bola vem pelo alto, a mesma é tocada com o peito do pé sem que tenha tocado no solo.
É executado no exato momento em que a bola, vinda do alto, está entrando em contato com o solo.
Para ter êxito no chute além de executar o movimento descrito anteriormente de forma correta, é necessário que antes de chutar o atleta:.
Ação de interromper a trajetória da bola vinda de passes ou arremessos.
É a ação de carrega a bola de uma zona para outra da quadra, principalmente nos avanços em direção a meta adversária.
Ação individual com a bola que consiste numa combinação de recursos variados, como: equilíbrio, velocidade de arranque, agilidade, descontração muscular, ritmo, domínio da bola.
Movimento executado sem bola, a fim de deslocar o adversário e fugir da marcação. .
Ação de manter a bola sob domínio, por meio de toques sucessivos, objetivando mantê-la no ar, com o jogador parado ou em movimento.
Ato de golpear a bola com a cabeça, tanto para passar como para defender ou marcar um gol.
É a técnica básica do goleiro. Ela é efetuada com as mãos que tomam o formato de uma concha com os polegares votados para dentro em bolas altas e para fora em bolas baixas e rasteiras. .
Executados com o objetivo de colocar o corpo em posição favorável à defesa em bolas fora do seu alcance quando está em sua posição básica no gol.
Partindo da posição básica, inclina lateralmente o corpo flexionando as pernas, em seguida estende os braços, direcionando as mãos na trajetória da bola para realizar a pegada. A mão correspondente ao lado da queda impede a passagem da bola e a outra vem por cima para abafar e completar a pegada. .
A impulsão deve ser dada com a perna do lado para onde vai a bola. O corpo estira-se para o lado num voou, estendendo os braços com as palmas das mãos voltadas para a bola, a fim de agarrá-la. O contato do corpo com o solo é feito com a parte externa da coxa e a parte posterior do ombro, e depois um leve apoio do antebraço no solo.
É o toque com a palma da mão na bola, desviando-a para impedir um gol no caso de chutes muito fortes ou bolas que apresentam alto risco para a pegada. .
É o passe do goleiro realizado com as mãos.
Lançamento - Constitui-se um elemento básico na construção de jogadas, por isso, deve ser .
É fazer com que o gol se pareça menor para o atacante.
atualmente o goleiro necessita ter qualidades técnicas para efetuar passes e chutes, além de realizar coberturas e participar do jogo ofensivo da sua equipe. .
Tem como objetivo chegar ao gol adversário através de manobras pré-estabelecidas.
Tem como objetivo impedir as manobras ofensivas utilizadas pelos adversários.
Os sistemas básicos utilizados no futsal são capazes de embutir em suas aplicações as mais variadas manobras possíveis, seja ofensiva ou defensiva. São eles:.
Utiliza dois atletas posicionados na defesa e dois no ataque. É o mais simples, por essa razão, é o mais utilizado nas categorias menores, pelos principiantes e pelas equipes de menor condição técnica. Não oferece muitas opções de jogadas, tanto o ataque como a defesa são deficientes de apoio. No entanto, pode se alcançar bons resultados. .
São mais utilizados nos lances de saída de bola no tiro de meta coma finalidade de confundir a marcação adversaria. .
Utiliza um atleta na defesa, dois atletas nas laterais próximo a linha central da quadra e o outro próximo a área do gol da equipe adversaria. .
Utiliza dois atletas posicionados em sua meia quadra defensiva, estando um de cada lado da área, um terceiro posicionado na altura da linha central da quadra, próximo à lateral. E o quarto, na meia quadra ofensiva, próximo a marcação do tiro penal.
Caracteriza-se pela existência de um jogador fixo na defesa, dois alas que fazem o vaivém entre a defesa e ataque e um pivô que joga mais adiantado. É o sistema que ataca e defende com três jogadores. Assim, oferece uma gama de opções ofensivas, mais utilizado pelas equipes que possuem jogadores mais técnicos.
Ocorre no início das manobras ofensivas da equipe no seu setor defensivo com três jogadores se movimentando, tocando e recebendo a bola até chegar no pivô. Quando se defende o fixo vigia a zona central da defesa e os alas as laterais da quadra, o pivô realiza o primeiro combate na quadra ofensiva.
Utilizada no momento em que a equipe está no ataque, ou seja, a bola chega ao pivô e os alas avançam para a meia quadra adversaria para realizar manobras ofensivas. O fixo permanece na sua quadra só passando para quadra adversária em casos excepcionais.
É o posicionamento mais moderno utilizado do futsal. Caracteriza-se pela colocação de 4 jogadores no setor defensivo na armação das jogadas, possibilita uma grande combinação de movimentos e jogadas, exige uma constante movimentação dos jogadores o que dificulta a marcação do adversário. Muito utilizado pelas equipes de alto nível.
Criado em função da permissão do goleiro atuar na linha ou um jogador como goleiro linha, tem como objetivo estabelecer uma superioridade numérica afim de facilitar a posse de bola e a finalização das jogadas. Utilizado principalmente nos momentos finais de uma partida.
Exige de seus executores um bom condicionamento técnico e físico, solicitando também bom desenvolvimento cognitivo para compreensão e aplicação das diferentes manobras. Em razão de sua maior complexidade, apregoa-se a sua utilização com atletas já experimentados.
O rodízio de três apresenta dois padrões de deslocamentos básicos: .
A movimentação ordenada entre os quatros componentes da equipe é uma das principais características do sistema, requerendo de seus praticantes um alto grau de concentração e sincronização durante os deslocamentos, e seu principal objetivo é abrir espaços para possíveis infiltrações.
O defensor marca individualmente o jogador que lhe é indicado, acompanhando-o por toda a quadra. .
O sistema de marcação individual pode ser dividido em marcação:.
combate direto ao oponente em qualquer setor da quadra, evitando que o mesmo receba a bola.
o combate no setor de ataque se dá somente sobre o adversário que está com a bola. Os demais jogadores além de estarem próximos aos adversários serão responsáveis pela cobertura do companheiro que está pressionando.
VANTAGENS marcação individual (homem a homem).
DESVANTAGENS marcação individual (homem a homem).
Não existe pressão no adversário enquanto ele estiver no seu setor defensivo, e evita-se a passagem da bola para o ataque. No entanto, quando a bola passa para o setor de ataque dos adversários os jogadores devem restringir os espaços e dificultar as manobras ofensivas da outra equipe.
Consiste em atribuir a cada jogador da equipe uma zona definida para defendê-la e ocupá-la integralmente. É muito vantajoso, pois favorece a cobertura de defesa, tornando a marcação altamente eficaz, além de ser propicio aos contra-ataques. .
Ocorrem quando uma equipe está com a posse de bola e procura (por meio de troca de passes, movimentos, infiltrações e chute à meta adversaria), a realizações de gols e, consequentemente, a vitória.
Disposições de jogadores em quadra procurando defender a sua própria meta contra as investidas do adversário, ou seja, suas manobras ofensivas, trocas de passes, infiltrações e principalmente dos chutes a gols.
Combinação entre os sistemas de marcação homem a homem e marcação por zona, tem a finalidade de facilitar o jogo defensivo e criar maiores dificuldades para a equipe adversaria. Podendo ser entre o pivô e o ala ou entre o ala e o fixo.
utilizado quando uma equipe tem um jogador expulso. A finalidade é congestionar a frente da área de meta, forçando o adversário a chutar de longa distância ou atacar pelas laterais.
Dois jogadores se responsabilizam pelo setor central da quadra, além de dificultar a infiltração da bola pelas laterais. Outro fica por trás deles para fazer a cobertura e o fixo funciona como libero, cobrindo ambos os lados.
um jogador fica responsável pelo setor central da quadra, enquanto os laterais lhe dão cobertura, procurando impedir a passagem da bola pelo meio da quadra. E o fixo se posiciona na frente da área para cobrir os laterais.
utilizado contra equipes que jogam no sistema 2x2, nele os jogadores formam um quadrado no setor defensivo.
DESVANTAGENS - Marcação por zona.
VANTAGENS - Marcação por zona.
quando o goleiro recebe a bola é combatido pelo jogador que estava marcando o adversário que se fez o passe. A aproximação deve ser rápida tirando o ângulo de passe do goleiro.
quando o goleiro recebe a bola é combatido pelo jogador que estava marcando o adversário no lado oposto ao que fez o passe. A aproximação deve ser rápida tirando o ângulo de passe do goleiro.
Quando o goleiro recebe a bola primeiro o pivô fecha o meio, depois se aproxima do goleiro evitando que o mesmo avance para chutar, ou que se realize o passe para o seu companheiro (na posição de pivô). Caso necessário o pivô recuará para fazer a cobertura dos alas. O fixo fica na frente da área de meta pronto pra marcar o fundo bola. .
Significa movimentação, deslocamento, troca de posições de forma planejada, organizada e planejada, que tem como objetivo confundir a marcação adversária, provocando erros em seu posicionamento, para infiltração da bola na defesa contrária e, em consequência, o chute a gol.
Fatores positivos do padrão de jogo:.
Detalhe que devem ser considerados na execução do padrão de jogo:.
Movimento simultâneo realizado pelos quatros jogadores, em forma de círculo.
Realizado com três jogadores em que o passe e o deslocamento acontecem para a lateral oposta. O deslocamento ocorre em diagonal.
Realizado com três jogadores em que o passe e o deslocamento acontecem para a lateral oposta. Porém o deslocamento é feito por trás (pelas costas) do jogador que recebe a bola. O jogador que recebe a bola deverá estar aberto na lateral e antes de passá-la deve conduzi-la um pouco para o meio da quadra. .
Tem a participação de três jogadores, consiste em o jogador tocar a bola para um lado e se deslocar em diagonal para o outro, o jogador da lateral contrária ocupa o espaço livre no meio da quadra.
Utilizado contra uma equipe que marca no meio da quadra. Um jogador fica no meio fazendo a base, os alas abertos nas laterais e o pivô no ataque. O ala passa a bola para o base e cruza em diagonal para o meio, trocando de posição com o pivô. O ala do lado oposto fará o mesmo procedimento.
Semelhante ao padrão cruzado, a diferença é que o pivô não fica centralizado. O jogador ao tocar a bola para o base corre em diagonal até a linha da meia quadra e retorna pela lateral. Pode ser realizado contra equipe que avança a marcação.
Movimento para ser realizado contra uma equipe que faz marcação por zona. Posiciona-se de forma idêntica ao cruzado, no entanto, só ocorre troca de posições quando a bola é tocada para o pivô. Os jogadores trocam passes e simulam um deslocamento em busca de um espaço maior para receber e tocar a bola.
É o estudo, a orientação e a execução de manobras ofensivas e defensivas de uma equipe durante o jogo. Uma forma racional e planejada de aplicar um sistema e seus vários esquemas, a fim de combinar o jogo de ataque e defesa, tirando proveito de todas as circunstâncias favoráveis da partida.
FATORES QUE INFLUENCIAM NA TÁTICA DE JOGO. Principal fator que influi na tática do jogo. Se for uma equipe tecnicamente muito boa, a marcação será mais cautelosa, do contrário, joga-se mais ofensivamente.
Alguns pontos de referência devem ser observados pelo treinador para organizar sua equipe taticamente. São eles: .
Se a equipe for formada por jogadores altamente técnicos, terá facilidade de desenvolver esquemas e envolver o adversário. Visto que determinadas jogadas dependem da habilidade dos jogadores. verdadeiro falso.
Tanto da própria equipe quanto da equipe adversária. Os esquemas táticos devem ser condizente com o estado físico dos jogadores. verdadeiro falso.
Aspectos psicológicos Os jogadores devem estar tranquilos, confiantes e motivados para realizar as jogadas durante a partida. A união da equipe é fundamental no aspecto psicológico, pois influenciará positivamente. verdadeiro falso.
Aspectos psicológicos A torcida também influencia positiva e negativamente no desempenho de alguns jogadores. Há jogadores que em momentos decisivos não rendem o que deles se esperava. Assim, é preciso o trabalho contínuo desses aspectos para que a tática treinada não fracasse. verdadeiro falso.
Situações ocorridas durante a partida .
Fator muito importante, pois favorece ou não a certos esquemas táticos. .
A tática de jogo é elaborada de acordo com as: .
são exemplos de itens do regulamento que influenciam na tática. .
A tática exige raciocínio. Os jogadores têm que pensar em situações de jogo como: .
As jogadas não acontecem por reflexo, mais sim depois que: .
A tática é planejada, estudada, organizada, e quanto mais os jogadores estiverem cientes do que deles se espera, mais eles se esforçarão para atingir os objetivos traçados. Existe jogadores de alto nível que não conseguem desempenhar funções táticas porque na tiveram tal formação. verdadeiro falso.
É importante fazer com que os jogadores entendam que cada função é fundamental, mesmo que seja a mais simples possível. Todos devem se empenhar para que as jogadas tenham início, meio e fim conforme programado. verdadeiro falso.
Toda jogada deve oferecer no mínimo duas opções para sua execução, ou seja, os jogadores devem ter em mente outras opções para poder executar quando a primeira for neutralização pelo adversário. verdadeiro falso.
Report abuse Terms of use
HOME
CREATE TEST
COMMENTS
STADISTICS
RECORDS
Author's Tests